Pages

Subscribe:

About

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Após morte de traficante do PCC em confronto com a PM, cidade de Paraipaba vive clima de terror com novo tiroteio, aulas suspensas e comércio fechado

Aulas nas escolas suspensas, parte do comércio fechado, população apavorada, reforço policial nas ruas. Este é o clima na cidade de Paraipaba (a 115Km de Fortaleza) nesta quinta-feira (16). A  situação de violência e medo coletivo teve início na tarde de ontem (15), quando um traficante apontado como membro do PCC, e que comandava a venda de drogas na cidade, foi morto durante um tiroteio com a Polícia Militar.
O confronto ocorreu por volta das 17h30 de ontem, em pleno Centro, quando um grupo de bandidos, liderado pelo traficante Carlos Augusto Correa Caetano, 26 anos, o “Carlinhos Bombado”,  entrou na cidade de Paraipaba a bordo de um veículo Voyage, branco, de placas  OSE-2265 (CE). O objetivo era eliminar um jovem que se divertia com amigos nas proximidades do ginásio de esportes. Quando começaram os primeiros tiros, a Polícia Militar apareceu.
Paraipaba 6
Traficante Antônio Eduardo da Silva Geraldo foi baleado na troca de tiros com os policiais militares
Uma intensa troca de tiros ocorreu na principal avenida da cidade, causando pânico entre os moradores, comerciantes, funcionários do comércio, motoristas e transeuntes. Segundo testemunhas, mais de 30 estampidos foram ouvidos. Policiais à pé e em uma viatura perseguiram os criminosos até alcançá-los já no carro que eles iriam utilizar na fuga.
Morto
Na troca de tiros, “Carlinhos Bombado” acabou morrendo. Um dos comparsas dele, identificado como Antônio Eduardo da Silva Geraldo, 20 anos, foi atingido por dois tiros e acabou preso. Também foi capturado, ileso, Tiago Marques do Nascimento, 27 anos, que era foragido da Cadeia Pública de Paraipaba.
Com a morte do traficante que comandava a venda de drogas, surgiram na cidade boatos de que bandidos do seu grupo, ligado ao PCC, ameaçam novamente invadir aquela comunidade e executar policiais e desafetos ligados ao Comando Vermelho e que brigam pelo território da venda de entorpecentes.
Paraipaba 7
Os traficantes invadiram a cidade neste carro. O objetivo era eliminar um bandido rival
Ainda durante a noite, pelo menos, dois ônibus que faziam o transporte de estudantes, foram atingidos a pedradas na entrada da cidade e bandidos ameaçaram incendiá-los. Nas redes sociais surgiu um áudio  em que um irmão do traficante promete vingança e ameaça matar policiais por conta da morte de “Carlinhos”.
Já na manhã de hoje (16), um novo tiroteio ocorreu no bairro Cacimbão, um dos principais redutos do tráfico na cidade. A Polícia Militar enviou reforços de companhias de cidades próximas, como Paracuru e Itapipoca. Equipes da Força Tática de Apoio (FTA), do Batalhão Raio e do 11º BPM (Itapipoca) estão em Paraipaba tentando localizar outros traficantes e restaurar a paz.
Fonte: Blog do Fernando Ribeiro

1 comentários:

mamadoechapado disse...

Eu chego ao orgasmo quando leio uma notícia em que um bandido foi morto ou um político corrupto morreu ou foi preso.

Postar um comentário