Pages

Subscribe:

About

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Marinha localiza embarcações de investigados

Resultado de imagem para operação lava jato
A Marinha do Brasil informou à Justiça ter localizado 11 embarcações pertencentes a pessoas físicas e jurídicas investigadas na Operação Calicute, desdobramento da Lava Jato no Rio sobre um suposto esquema de corrupção chefiado pelo ex-governador Sérgio Cabral (PMDB).
O peemedebista é apontado como dono de dois veículos, um Jet Boat (espécie de lancha) e uma moto-aquática, registrados na Capitania dos Portos do Rio de Janeiro. Cabral e outros acusados estão presos no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na zona oeste da capital.
Cinco pessoas jurídicas apontadas como envolvidas no esquema também aparecem como proprietárias de sete embarcações. Duas delas (a lancha Manhattan Rio e o bote Manhattan Rio III) aparecem em nome da MPG Participações LTDA, também registradas na Capitania do Rio. A empresa pertence oficialmente ao acusado Paulo Fernando Magalhães Pinto Gonçalves, mas a embarcação maior em seu nome, avaliada em R$ 5,3 milhões, seria de Cabral, segundo o MPF.
Luiz Paulo Reis é apontado pela Marinha como dono de duas lanchas registradas na delegacia da Capitania dos Portos de Angra dos Reis- a Grazie Tanto e a Retcha I. Segundo denúncia dos procuradores, Reis ocultaria o verdadeiro dono da segunda embarcação, que seria o ex-secretário de Obras Hudson Braga, também denunciado na Calicute e preso.
À Polícia Federal, Braga negou ser dono da Retcha. Os outros acusados negaram irregularidades.
As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

0 comentários:

Postar um comentário