Pages

Subscribe:

About

sábado, 4 de fevereiro de 2017

Marisa vivia agonia permanente desde busca em sua casa, segundo relatos

Brazilian former president Luiz Inacio Lula da Silva (R), of the Workers' Party (PT), is pictured with his wife Marisa Leticia at a polling station during the municipal elections' first round at a school in Sao Bernardo do Campo, 25 km south of Sao Paulo, Brazil, on October 2, 2016. Brazilians furious at recession and corruption voted Sunday in municipal elections amid heightened security after a series of murders of candidates. Among the first to cast his ballot in the financial capital Sao Paulo was Brazilian President Michel Temer from the center-left PMDB party, who took over the presidency in August after turning on his former leftist ally Dilma Rousseff and helping to force her from the top job in an impeachment vote. / AFP PHOTO / NELSON ALMEIDAMarisa Letícia estava comprando um aparelho para medir a pressão em casa. Ela andava preocupada com as oscilações constantes, com picos de alta, que apresentava.
A AGONIA
Relatos de pessoas próximas da família Lula dizem que a vida da ex-primeira-dama virou uma agonia permanente depois da busca e apreensão na casa dela, dos filhos e da condução coercitiva de Lula, determinada pelo juiz Sergio Moro em março do ano passado.
GESSO
Numa certa ocasião, assustada com um barulho na rua no meio da noite, de acordo com os mesmos relatos, Marisa chegou a cair da cama e a quebrar um dedo.
GELADO
Nas conversas com amigas, a ex-primeira-dama repetia sempre os detalhes da operação de busca e apreensão na casa dos filhos, em que até geladeiras foram vasculhadas e os iPads de seus netos, levados embora.
PELA FRENTE
A tensão de Marisa preocupava Lula, situação que se agravou com o fato de que neste ano ela teria que prestar vários depoimentos à Justiça.
EU SEI
A viúva do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, Renata Campos, visitou Lula no hospital Sírio-Libanês na quinta (2) e protagonizou um dos momentos mais emocionantes da tarde. Segundo relatos, os dois se abraçaram por longo tempo. Em silêncio.
Folha de S.Paulo

1 comentários:

Wellington disse...

NÃO SEJAMOS HIPÓCRITAS: Marisa Letícia viveu uma vida de crimes. Foi a fiel comparsa de Lula, o maior bandido da história do Brasil. Usufruiu do melhor que o dinheiro pode comprar, dinheiro roubado que poderia ter salvo milhões de vidas se fosse bem aplicado nos hospitais públicos. Infelizmente Marisa não foi alcançada pela Justiça. Não pagou por seus delitos. Viveu e morreu no luxo, em um dos hospitais mais caros do país e nem gastou para isso. Todos os custos de marisa no Sirio Libanes foram custeados pelo povo brasileiro pois o Governo Federal banca todas as despesas de Presidentes, vices, Senadores, Deputados Federais e de seus familiares nesse hospital,mesmo apos o fim dos mandatos. Ou seja, Marisa ja era rica,dinheiro fruto de roubo e morte de milhões de brasileiros, e ainda se internou no melhor hospital do Brasil com o nosso dinheiro. Morreu em cama quente ao lado dos melhores médicos do Brasil. Enquanto isso trabalhadores honestos morrem no chão gelado dos hospitais publicos sem qualquer tipo de atendimento digno. Não vamos endeusar bandido aqui. A morte não transforma ninguém em santo. Agora que pague o que deve do outro lado, pois se a justiça dos homens e falha, a justiça de Deus é implacável. Uma pessoa a menos para roubar o sofrido povo brasileiro. : Eu Sou Direita

Postar um comentário