Pages

Subscribe:

About

quinta-feira, 2 de março de 2017

A educação continua sem avanços

Resultado de imagem para As condições estruturais das escolasAs condições estruturais das escolas, são tão sucateadas quanto a Educação em si
Há de se reconhecer, que, apesar de todo investimento, ainda não há mudanças significativas na qualidade da educação básica. Os números do Censo Escolar 2016, revelam que o País ainda está distante da universalização do acesso a todos os níveis do ensino público e gratuito, preconizado pela Constituição Federal. Ainda são muitos os desafios. Os números do Censo Escolar 2016 mostraram que a realidade do anos anteriores permanece inalterada. Ainda distantes das metas do Plano Nacional de Educação (PNE), que definiu as diretrizes para a política educacional dos próximos dez anos. O Censo 2016 revela que segue pequena a participação do ensino médio integral na educação básica, o primeiro nível do ensino escolar no Brasil. Esta compreende a educação infantil (para crianças com até cinco anos), o ensino fundamental (para alunos de seis a 14 anos) e o ensino médio (para alunos de 15 a 17 anos). O Plano Nacional de Educação propõe que 95% dos alunos concluam o ensino fundamental na idade adequada. Ao contrário dessa meta, as taxas de distorção idade-série são expressivas.
Imagem relacionada
O Censo Escolar 2016 diz que a “elevação considerável da distorção idade série no 5º ano mostra que a trajetória dos alunos, já nos anos iniciais, é irregular”, e que “a taxa de insucesso na 1ª série do Ensino Médio é a maior de todas na educação básica”. Outro desafio proposto pelo PNE é que a educação em tempo integral deve atingir ao menos 50% dos alunos de toda a educação básica. O Censo 2016 mostra que o percentual de alunos do ensino médio em tempo integral passou de 5,9% em 2015 para 6,4% em 2016. No ensino fundamental o quadro é ainda mais grave. As matrículas em escolas de tempo integral caíram 46% em 2016 e o percentual de alunos nessa modalidade passou de 16,7% em 2015 para 9,1% em 2016. São alguns dos itens da pesquisa Censo Escolar 2016, sobre os quais gestores e estudiosos da Educação devem se deter, já que refletem uma realidade negativa. A conclusão inicial é que a caminhada na direção das meta traçadas pelo PNE ainda nem começou!

0 comentários:

Postar um comentário