Pages

Subscribe:

About

quinta-feira, 2 de março de 2017

Absurdo - Comerciante acusa PM de agressão

Rosto de comerciante ficou machucado após agressão em Guarujá
Um comerciante de Guarujá, no litoral de São Paulo, acusa um policial militar que atua na Operação Verão, que reforça a segurança na Baixada Santista durante a temporada, de abuso de autoridade e agressão. Ele diz ter sido prensado contra uma parede, o que resultou em ferimentos em seu rosto. O agente ainda teria chutado sua perna e “esmagado” suas partes íntimas. O caso ocorreu na tarde da última quarta-feira (1º).
De acordo com o comerciante, que tem 39 anos e prefere não ser identificado, por medo de represálias, ela havia acabado de sair de uma agência bancária, onde pagou algumas contas, e voltava de bicicleta para o seu estabelecimento, no bairro Enseada, quando passou em frente ao Batalhão da Policia Militar localizado na Rua Mário Ribeiro, no Centro.
Ainda segundo o empresário, um policial foi atrás dele, o tirou da bicicleta e o jogou contra uma parede, pressionando sua cabeça. Na sequência, ele levou um chute na perna e teve as partes íntimas apertadas, o que o fez cair de joelhos, chorando de dor.
Na sequência, o comerciante se dirigiu para outro batalhão da Policia Militar, desta vez na Praia do Tombo, onde registrou um boletim de ocorrência contra o agente. Nesta quinta-feira (2), ele pretende fazer um exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML), além de registrar um B.O. também na Polícia Civil.

0 comentários:

Postar um comentário