Pages

Subscribe:

About

sexta-feira, 3 de março de 2017

Goleiro Bruno recebe proposta de nove clubes, incluindo dois da Série A

Resultado de imagem para Goleiro Bruno recebe proposta de nove clubes, incluindo dois da Série AUma semana após obter liminar deferida pelo ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), e deixar a Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (Apac), em Santa Luzia, Minas Gerais, Bruno está muito perto de voltar ao futebol. Nove clubes do Brasil já demonstraram interesse em contratar o goleiro, considerado culpado pelo homicídio, sequestro e cárcere privado da modelo e ex-namorada Eliza Samudio. Seriam três cariocas, três mineiros, dois paulistas e um de Brasília.
"Dois desses clubes disputam a Série A do Campeonato Brasileiro", garantiu Lucio Adolfo da Silva, advogado de Bruno, admitindo, porém, que o Brasiliense deve ser o destino mais provável do jogador. A contratação de Bruno teria sido um pedido do próprio presidente do clube candango, o ex-senador Luiz Estevão, preso após ser condenado em 2006 a 31 anos por crimes de corrupção.
De acordo com o advogado, a carreira de Bruno vai voltar a decolar dentro de oito a dez dias. Ele, inclusive, vislumbra um futuro vencedor para o cliente e não acredita na possibilidade de o habeas corpus ser cassado e de Bruno voltar à cadeia.
"Acho essa possibilidade muito difícil, quase impossível. Tecnicamente até pode ser viável, mas eu não creio que isso aconteça", frisou.
Lucio Adolfo minimiza o fato de Bruno ter um compromisso assinado com o Montes Claros, clube de Minas Gerais, com validade de 2014 a 2019, e que, no momento, está fechado devido a dificuldades financeiras.
"A solução em relação ao Montes Claros é simples. O Bruno nunca jogou pelo clube, nunca assinou um contrato e nunca recebeu um salário. Ele nem sequer recebeu uma visita do presidente do Montes Claros (Ville Mocelim)", ressaltou o advogado, que evitou dar outros detalhes sobre os demais clubes interessados no goleiro que brilhou no Flamengo.
Fonte: O Dia

0 comentários:

Postar um comentário