Pages

Subscribe:

About

segunda-feira, 17 de abril de 2017

A estupidez na veneração e idolatria

Ídolos estúpidos ainda cospem em fãs babacas, que pedem tempo e muito dinheiro para os exaltarem.
Fãs imitam penteados, palavreados, rebolados... e muitos até querem tanto ser assemelhados aos seus ídolos, que se transformam em veados e abestalhados. E passam a beber e comer; cheirar e fumar, como retardados, que se acostumaram a ser chamados de marionetes e tratados como seres sem ser seres humanos. Gritam, pulam, se sacrificam, se despenteiam e como bonecos de ventríloquos, se soltam presos às circunstâncias da insignificância humana. Se submetem à condição de abdução de si mesmos e como zumbis vagam, divagam e se desamam. Vêem quem não os vê. Gritam para surdos. Acenam para cegos e são ouvidos como mudos. E fazem do mundo o tempo e o espaço dos seus descompassos e contra-tempos. Torpes voam, voam... e não caem na realidade do vazio do que são. E o que são? São somente Santos ludibriados e usados por seres profanos e insanos. 

0 comentários:

Postar um comentário