Pages

Subscribe:

About

segunda-feira, 3 de abril de 2017

Embaixatriz Lúcia Flecha de Lima morre aos 76 anos em Brasília com câncer de útero

Considerada uma das mais atuantes embaixatrizes do país, Lúcia deixa o marido e quatro filhos. Em Brasília, esteve à frente da Casa do Candango e da Secretaria de Turismo. 
A embaixatriz Lúcia Flecha de Lima morreu aos 76 anos neste domingo (02/04) dentro de casa, em Brasília, por conta de um câncer de útero, contra o qual lutava há um ano. Casada com o ex-embaixador Paulo de Tarso Flecha de Lima por 54 anos, Lúcia tornou-se conhecida nacional e internacionalmente pela forte atuação como embaixatriz nas cidades onde acompanhou o marido, como: Paris, Washington, Londres e Roma. Ela deixou o marido e quatro filhos. O ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira, emitiu nota à imprensa em que diz se solidarizar com o ex-embaixador Paulo Tarso, os filhos e a família. 
"Dona Lúcia, como era conhecida por todos, teve trajetória ímpar, como, ao lado de seu marido, no episódio da libertação dos reféns brasileiros de Saddam Hussein. Deixou sua marca de eficiência também nesta cidade, como secretária de Turismo do Distrito Federal e presidente da entidade beneficente Casa do Candango, além de seu trabalho na Comissão de Relações Exteriores do Senado". Por meio de uma rede social, o presidente da República Michel Temer e o governador do DF, Rodrigo Rollemberg, também lamentaram a morte da embaixatriz.
Fonte: O Globo 

0 comentários:

Postar um comentário