Pages

Subscribe:

About

terça-feira, 9 de maio de 2017

DNIT e Ibama devem abrir concurso público com mais de 1,8 mil vagas até dezembro

O Ibama e o DNIT solicitaram oficialmente a abertura de dois concursos públicos com previsão de publicação de edital até o final deste ano. Ao todo, são 1.896 oportunidades para níveis Médio e Superior com salários iniciais que chegam a R$ 9,6 mil.
O pedido do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) foi encaminhado para o Ministério do Meio Ambiente (MMA) e deve ser entregue até o final deste mês para o órgão federal que autoriza concursos públicos em âmbito federal, o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG).
Resultado de imagem para Ibama - concurso públicoO pedido lista 1.529 vagas, sendo 680 imediatas e 849 para cadastro de reserva. Entre os cargos, terão oportunidades as carreiras de Analista Ambiental (500) e Analista Administrativo (180). Ambos exigem nível superior e têm remunerações iniciais de R$ 7.760,45.
No último certame, em 2013, não houve vagas destinadas para o Estado do Ceará.
DNIT: pedido é corrigido e agora só é para 367 vagas
O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) aguarda vistas e decisão do Ministério do Planejamento sobre o pedido encaminhado no início do ano para 367 vagas imediatas.
Resultado de imagem para DNIT - concurso públicoJá é o segundo encaminhamento realizado pelo órgão, que na primeira tentativa solicitou 1.386 oportunidades. A correção foi um pedido do próprio MPOG, já que o DNIT tem urgência na abertura das vagas em razão de um grande déficit no quadro pessoal do Departamento.
São vagas para Analista Administrativo (116), Analista em Infraestrutura de Transportes (114), Técnico de Suporte em Infraestrutura de Transportes (119) e Técnico Administrativo (18). As posições de Técnico exigem nível Médio, enquanto as demais são destinadas a nível Superior. Os salários variam de R$ 4.861,48 a R$ 9.645,01.
O último edital do DNIT é de 2012 para 1.200 vagas distribuídas em todas as regiões do País.
DN Online

0 comentários:

Postar um comentário