Pages

Subscribe:

About

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Mulher de Cabral movimenta R$ 1,2 milhão e pode voltar para a cadeia

A ex-primeira-dama do Rio de Janeiro Adriana Ancelmo afirmou nesta quarta-feira (10/05) em depoimento à Justiça Federal que movimentou R$ 1,2 milhão após a sua prisão. A informação pode levá-la de volta para a cadeia. Ancelmo está com os bens bloqueados desde a deflagração da Operação Calicute, em novembro de 2016. 
Ela afirmou ao juiz Marcelo Bretas que retirou o valor de sua previdência privada que tem os filhos como beneficiários. "Fiz a transferência para pagar os honorários [dos advogados] e dívidas do escritório. O banco disse que isso poderia ser feito por ser recursos de previdência privada", disse ela.

0 comentários:

Postar um comentário