Pages

Subscribe:

About

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Brasil da impunidade: Após Agnelo, Justiça manda soltar ex-governadores Arruda e Fillippeli

Agnelo foi para casa mais cedo, e à noite os outros dois também
O desembargador Néviton Guedes concluiu que os objetivos da prisão temporária já haviam sido obtidos. O ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda e o ex-vice-governador Tadeu Filippelli foram libertados no final da tarde de hoje (31/05). Também foram soltos os empresários Jorge Luiz Salomão e Sérgio Lúcio Silva de Andrade, além do ex-secretário de Desenvolvimento Econômico do Distrito Federal Afrânio Roberto de Souza Filho.
A decisão foi do desembargador Néviton Guedes, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região. Guedes já havia decidido, na manhã desta quarta-feira, pela soltura do também ex-governador Agnelo Queiroz. Eles foram soltos oito dias após terem tido a prisão temporária decretada pelo juiz federal Vallisney de Souza Oliveira, do Tribunal Regional Federal da Primeira Região (TRF1).

1 comentários:

mamadoechapado disse...

Quanto será que esse desembargador recebeu para soltar esses bandidos corruptos? Se o Brasil fosse um país que tivesse uma justiça séria, esse sujeito jamais seria desembargador e tivesse preso.

Postar um comentário