Pages

Subscribe:

About

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Deputada pede desculpas por chamar governador de "veado"

Janaína perdeu uma excelente oportunidade de ficar calada
Não bastou uma deputada da Assembleia Legislativa do Mato Grosso Janaína Riva (PMDB) cometer uma gafe em áudio vazado, no qual a parlamentar chama o governador de Mato Grosso, Pedro Taques (PSDB), de “veado”. Em vídeo publicado, na terça-feira/6, ao tentar se desculpar ela comete uma maior: “Acho que as pessoas tiveram um entendimento totalmente errado quando usei a expressa veado, eu usei como se fosse um palavrão, mas de forma alguma eu queria ofender a comunidade LGBT e muito menos o governador”, disse. No áudio que foi compartilhado no whatsApp, Janaína dispara contra o povo e alfineta o governador. “Acho que cada um tem o governo que merece. Se estão tendo isso é porque cavaram. Tudo fica lá [ALMT] para nós resolvermos e não temos a maioria. Agora, tem que ter paciência. Quem mandou eleger esse 'veado' para governador? Está aí agora o resultado”. No seu pedido de desculpas, a deputada disse que há assuntos mais relevantes para serem tratados. “E isso não deve ser tratado como se fosse o maior dos absurdos do mundo. Quem nunca errou?”, declarou. Ela ainda ressaltou que, de forma alguma, quis “ofender a honra” do governador. Não é a primeira vez que Janaína se envolve em uma polêmica. Ela já prestou ocorrência contra o secretário de Comunicação de Mato Grosso, Kléber Lima, por ele ter divulgado uma foto na qual ela está com uma camisola. Na imagem encaminhada em grupos de WhatsApp, o secretário teria feito o comentário: "Quem iria in[@#video#@]vadir a privacidade da ilustre deputada, se ela mesma a faz." Kléber se referia a uma reportagem do Fantástico sobre grampos clandestinos no núcleo de inteligência da Polícia Militar do estado, na qual ela foi uma das vítimas.

0 comentários:

Postar um comentário