Pages

Subscribe:

About

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Ato contra sentença de Moro na Avenida Paulista terá Lula e Dilma

Movimentos sociais, centrais sindicais, organizações de negros e mulheres e partidos políticos do campo progressista promoverá nesta quinta-feira, na avenida Paulista, em São Paulo, em “defesa da democracia, do ex-presidente Lula, contra as reformas trabalhista e da Previdência, por eleições diretas já, contra a volta da fome, e pelo ‘Fora Temer'”. O ato está marcado para as 17 horas, em frente ao Museu de Artes de São Paulo (Masp). O ex-presidente Lula deve participar da manifestação.
Condenado em primeira instância pelo juiz Sergio Moro, o ex-presidente pode ser tornar inelegível e ficar fora da disputa eleitoral de 2018 caso a sentença seja confirmada em segunda instância.
“Será um ato em defesa da democracia. Entendemos que uma eleição sem Lula é uma fraude”, afirmou Douglas Izzo, presidente da CUT-SP, após sair da reunião realizada na sede estadual do Partido dos Trabalhadores (PT). “Precisamos mostrar para o povo que a condenação do Lula faz parte do jogo político dos golpistas. Primeiro foi a retirada do mandato da Dilma sem crime de responsabilidade, e agora a nova fase do golpe é inviabilizar a candidatura do principal candidato. O ato do dia 20 é para colocar esse debate na sociedade.”
Com Agências

0 comentários:

Postar um comentário