Pages

Subscribe:

About

sábado, 8 de julho de 2017

Crimes violentos aumentam 31,9% no Ceará no primeiro semestre deste ano

O Estado do Ceará apresentou um aumento de 31,9% nos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) do primeiro semestre de 2017, em comparativo com o mesmo período do ano passado. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira, 7, pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).
Nos primeiros seis meses do ano, foram mortas 2.299 pessoas no Estado. Fortaleza registrou o maior número de crimes violentos, com 896 casos, seguida pela Região Metropolitana (RMF), com 546, pelo Interior Sul, com 478, e Interior Norte 379. No mesmo período do ano passado, foram 1.743 vítimas de CVLI.
No mês de junho, foram contabilizados 474 crimes violentos no Estado. Fortaleza registrou o maior número de mortes com 191 casos, seguida pela Região Metropolitana (RMF) que teve 121 vítimas. As regiões do Interior Norte e Sul tiveram 156 mortes. Em junho do ano passado, o Ceará anotou 248 CVLI.
Em relação aos Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVP), que incluem todos os casos de roubo, exceto latrocínio (roubo seguido de morte), o Ceará teve uma queda de 4,4% no primeiro semestre de 2017. A SSPDS contabilizou 32.093 casos – 3.487 a menos do que o registrado no mesmo período em 2016. Em junho, os CVP aumentaram 8,1%; foram 5.877 neste ano, contra 5.437 no ano anterior.
Conforme a SSPDS, o Ceará registrou 28.867 furtos entre janeiro a junho de 2017, enquanto em 2016 os números chegaram a 29.451. O comparativo mostra queda de 2%. Em junho, houve aumento de 9,9%. No último mês, o Estado contabilizou 5.235. Já no mesmo período do ano passado, foram 4.764 furtos.
O POVO Online

0 comentários:

Postar um comentário