Pages

Subscribe:

About

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Justiça determina retratação pública de internauta após acusação no Facebook

Uma servidora publica estadual residente na cidade Martinópole, no Norte do Estado, foi obrigada pela justiça a se retratar publicamente nas redes sociais após denegrir a imagem do ex. prefeito de Martinópole, James Martins.
A retratação foi publicada no Facebook da acusada, na sexta-feira (30), após uma audiência de conciliação com a vítima, no Fórum de Martinópole.
Tudo começou com a publicação de um vídeo, onde supostamente Elma Gomes, havia responsabilizado James Martins pelo assassinato do radialista Gleydson Carvalho. Logo que tomou conhecimento da calúnia, James procurou a justiça para que se tomassem as medidas cabíveis.
O desfecho aconteceu somente no dia 22 de junho do corrente ano, quando o Juiz de Direito Dr. Fabio Medeiros Falcão, da Comarca de Martinópole determinou que Elma Gomes, se retratasse publicamente nas redes sociais. O pedido de desculpas foi publicado por ela em seu perfil do Facebook, AQUI.
Conforme a nota de esclarecimento, a comerciante disse não ter dito a intenção de acusar seja quem quer que fosse até mesmo porque existem as vias legais para que isso seja feito..,
“Desta feita e com a certeza de que foi realizado com tempo o cumprimento entre as partes afirmo categoricamente que não foi o meu intuito de realizar tais acusações a pessoa do Querelante (James), pedindo assim desculpas...” disse Elma.
Confira publicação de Elma após o episódio:
Fonte: Martinópole em Destaque

0 comentários:

Postar um comentário