Pages

Subscribe:

About

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Vem aí o Partido Frente Favela Brasil

Mais um partido político deve surgir no País. No próximo dia 30, o Partido Frente Favela Brasil será registrado junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília. O FFB deverá ganhar o seu número de registro, em clima de ato político organizado por membros e voluntários da legenda.
No dia 7 de agosto o FFB garantiu seu CNPJ e, com isso, já pode ter conta em banco, movimentá-la e receber doações. O partido já conta com diretórios em todos os 26 estados e no Distrito Federal. Para Karla Pereira (do Recife), voluntária e presidente da fundação do Partido “Zumdara”, a causa é de todos que querem falar efetivamente aos que vivem em desvantagens sociais.
“Esse é o primeiro partido formado, em sua maioria, por negros e favelados. O único partido onde as mulheres negras e os jovens são protagonistas de fato. Mas todos que queiram colaborar são bem vindos”, diz ela
Para o voluntário Luiz Fernando, que é pastor e membro do movimento negro de São Paulo, o fato de o Brasil já ter mais de 30 partidos não é um empecilho para o crescimento da Frente Favela Brasil, já que nenhum outro se preocupa efetivamente com o público que o Frente pretende assistir.
“Não é verdade que o Brasil tem partidos demais, tem partidos de menos. Pois nenhum dos que estão aí fala diretamente para negros, moradores de comunidades e marginalizados. O Frente Favela Brasil não só vai falar para essas pessoas, como será formado efetivamente por elas”, afirma Fernando.
Para que a Frente Favela Brasil possa lançar candidatos nas próximas eleições, é necessário que consiga um mínimo de 484 mil assinaturas vindas de pelo menos um terço dos Estados do país. Segundo Patrícia Alencar, voluntária do Morro do Papagaio (MG) ligada ao candomblé, 2018 não é sua prioridade.
Confira o FFB AQUI. Também AQUI.

0 comentários:

Postar um comentário