Pages

Subscribe:

About

sábado, 31 de março de 2018

Jericoacoara quer limitar o número de visitantes

Imagem relacionadaInaugurado em junho de 2017, o Aeroporto de Jericoacoara, localizado na localidade de Cajueirinho, em Cruz, é classificado pelo governo do Estado como regional e tem grande potencial para levar turistas a outros municípios do litoral Oeste. A estimativa, porém, é que mais de 90% dos passageiros que fazem o percurso nos dez voos semanais tenham Jeri como destino. 

Jericoacoara recebe mais de 600 mil pessoas por ano, entre brasileiros e estrangeiros. Com a facilidade de um voo direto das principais cidades brasileiras, esse número tende a aumentar. O aeroporto tem capacidade para 600 mil passageiros por ano.

A chegada de mais visitantes fez com que saísse do papel um projeto para evitar a degradação das praias locais. Desde setembro do ano passado, é cobrada uma taxa de R$ 5,00 por dia para cada turista que entra na Vila. Desse valor, 40% deve ser usado na preservação ambiental. O governo estuda ainda definir limite para visitantes e restringir o acesso de carros particulares ao parque nacional, que engloba Jijoca, Cruz e Camocim. 

A expectativa dos moradores da região é que essas ações de preservação das praias acabem resultando na melhoria dos equipamentos públicos, como praças e parques, e mais segurança.

Com Folha/UOL

O péssimo exemplo de uma péssima classe política

Em artigo no O POVO desta sexta-feira (30), o jornalista Guálter George, editor de Política do O POVO, aponta a falta de compromisso para com a democracia, diante dos episódios violentos, nos últimos dias, contra veículos que seguiam em caravana com bandeiras ideológicas diferentes dos agressores.

Confira:

A classe política atual do Brasil é de péssima qualidade, certamente uma das mais desqualificadas que a história já registrou. Um ponto que não apresenta importância menor na construção do cenário dramático do País, ao contrário, pode ser inserido entre os grandes responsáveis pelo que temos sofrido e, pior, determina de maneira fundamental a enorme desesperança que nos domina quando tentamos, teimosamente, pensar de maneira otimista em relação ao futuro. A falta de compreensão sobre o que seja estratégico impede que imaginemos possível, mesmo como apenas um exercício, a construção de um consenso mínimo que pareça capaz de trazer de volta uma ideia de rumo para o Brasil.

O que aconteceu nos últimos dias como debate em torno dos episódios violentos no Sul do País demonstra a falta de lhaneza que hoje grassa no ambiente político nacional. Qual dúvida poderia haver de que, de início, a única reação possível era a condenação vigorosa do ato, era criticar o ataque aos veículos que seguiam em caravana, era defender de maneira clara o direito de ir e vir daquelas pessoas? Havia uma bandeira partidária e uma linha ideológica naqueles veículos, tudo bem, mas, qual crime há nisso?

É esta falta de inteligência reinante que justifica a opção preferencial por assistir passivamente os grupos se postando dias seguidos à margem das estradas para investir contra a comitiva de veículos valendo-se de pedras, paus e outros instrumentos à mão, chegando ao extremo do registro de tiros, apenas porque dentro deles havia gente de cuja visão de mundo discordavam os irados agressores. Desde o primeiro momento aquela situação, observada no Rio Grande do Sul, em Santa Catarina e no Paraná, em sequência, exigia dos políticos que tivessem uma resposta dura, clara, de que aquela era uma situação inaceitável.

E o que tivemos? Entre os políticos aliados daqueles que seguiam em caravana, naturalmente, denúncias, indignações, gritos, que pouco ecoaram; entre os opositores, um silêncio predominante, cortado, vez ou outra, por manifestações infelizes de quase apoio à ação animalesca de quem foi à hostilidade gratuita como meio de responder a uma ação política. Foi o que aconteceu com a senadora gaúcha Ana Amélia Lemos, do PP, que chegou a saudar os conterrâneos que “botaram a correr aquele povo que foi lá levando um condenado”. Uma apologia evidente à selvageria, partindo de alguém que deveria preservar a democracia e sua capacidade de encaminhar as saídas pelo diálogo, especialmente entre diferentes. Já com o episódio dos tiros em discussão, tivemos o governador tucano Geraldo Alckmin (SP), dado como um homem ponderado, talvez um dos políticos atuais aptos a conduzir o País a uma pacificação, reagindo com a linha “colheram o que plantaram”. Depois até tentou remendar, reafirmando-se contra violência de qualquer espécie, porém, o estrago já tinha sido feito por sua reação mais natural, antes da ponderação de aliados e assessores, ao que acontecera no Sul do País.

A postura deveria ser diferente até por instinto de preservação deles próprios, mas o que ficou evidenciada foi a falta de compromisso democrático da turma. Hoje é contra um grupo, amanhã será contra outro, daqui a pouco será de um contra o outro e, enfim, sem uma ação das forças políticas organizadas o caminho inevitável é o caos.

Contribuintes podem dar o troco, secretário!

Há um enorme contingente de eleitores revoltados com o secretário da Fazenda, Mauro Filho, e na expectativa de ir à forra quando ele iniciar sua campanha em busca por um mandato de deputado federal.

É a turma que se diz enganada pela campanha Sua Nota Vale Dinheiro, da Sefaz, que, incentivada pela Sefaz, pediu nota fiscal com objetivo de faturar uma graninha extra, promessa da iniciativa.

O tempo passou e a campanha resolveu priorizar mais entidades filantrópicas e religiosas, mas, mesmo assim, por conta dos atrasos, muitas acabaram saindo da campanha. Vária igrejas desistiram de arrecadar nota fiscal e o contribuinte – pessoa física, nunca mais soube o que é premiação.

A campanha de Mauro Filho (PDT) por vaga de deputado federal pode lhe custar essa dor de cabeça. O contribuinte, claro, é também eleitor .

DETALHE – Até hoje, mesmo cobrada,a Sefaz nunca veio a pública esclarecer o que houve para não mais liberar premiações da pessoa física.

Foto: Máximo Moura
Fonte: Blog do Eliomar

quinta-feira, 29 de março de 2018

PRB lança dono da Riachuelo como presidenciável

Resultado de imagem para PRB lança dono da Riachuelo como presidenciávelPRB mostra que "é de ir mais cedo" ao pote de ouro!
O PRB anunciou ontem, terça-feira (27) o lançamento da pré-candidatura do empresário Flávio Rocha à Presidência da República. O anúncio aconteceu no Salão Verde da Câmara dos Deputados. Flávio se filiou à legenda para disputar o pleito em outubro. “Temos a responsabilidade de recolocar o Brasil nos trilhos da prosperidade. E prosperidade é o resultado de liberdade econômica e liberdade política”, declarou Rocha no evento. Executivo da Riachuelo, ele já teve dois mandatos como deputado federal e disse que sua presença na Câmara representa uma volta à casa, mas "com uma nova família". Líder do movimento Brasil 200, Rocha defende pautas liberais acredita que o estado deve se restringir a "tarefas essenciais". Questionado se também é conservador nos costumes, ele respondeu apenas "como a coerência manda".

Lei Judas – TCE adota prescrição em nova lei orgânica e salva gestores com processos

Pela primeira vez, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) vai prever oficialmente a prescrição de processos não analisados por mais de cinco anos. Isso quer dizer que gestores públicos que tenham processos a responder serão pedoados com o benefício e terão direito a concorrer nas eleições.

A mudança está no anteprojeto da Lei Orgânica da Corte de Contas entregue na última terça-feira, 27, ao presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque (PDT), para apreciação dos deputados.

A alteração na Lei Orgânica é uma exigência da Emenda Constitucional que promoveu a extinção do antigo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), aprovada em 16 de agosto de 2017 e publicada no dia 21 do mesmo mês.

O TCE não cumpria determinação da Emenda Constitucional de autoria do deputado Tin Gomes (PHS), de 2014, que passou a determinar prescrições de processos de gestores públicos não apreciados a partir de meia década. Logo na aprovação da matéria, o extinto TCM, por outro lado, adotou a prática.

Agora, com a união das duas Cortes, houve a necessidade de alterações na Lei Orgânica para o julgamento dos processos estaduais e municipais sob o mesmo texto. Apesar de não adotar as determinações da lei estadual, o TCE praticava as prescrições, mas por outras vias, e não necessariamente pela demora nos julgamentos.

Desde que o TCM foi extinto, a Corte estadual se utiliza de duas leis orgânicas para julgar os casos do Estado e das Prefeituras. Foi com esse entendimento que o plenário do TCE derrotou, em fevereiro deste ano, o conselheiro Ernesto Saboia, recém-chegado do TCE. Saboia tentava convencer os pares de que o caso da prestação de contas, ainda de 1998, do extinto Banco do Estado do Ceará (BEC), deveria ser perdoado por “inércia” do Tribunal e não por falhas de procedimento.

A proposta encaminhada à Casa Legislativa, porém, mantém os casos dos 2,23 mil processos de gestores ainda com data de prescrição para janeiro de 2019. No entendimento do antigo Tribunal, todos esses casos já estariam vencidos. O TCE entendeu, no entanto, que o prazo deveria iniciar da data da lei, aprovada em 2014.

A mensagem da proposta deverá ser lida na próxima semana. Pelo processo padrão, deveria passar pelas comissões de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), de Orçamento, Finanças e Tributação, Trabalho, Administração e Serviço Público. Como as comissões técnicas estão dissolvidas na Casa, a matéria poderá ser analisada apenas na Mesa Diretora antes de ir a plenário.

O POVO – Repórter Wagner Mendes

Ministro Dias Toffoli solta Maluf

Resultado de imagem para Dias Toffoli e malufO ministro da Supremo Tribunal Federal - STF José Antônio Dias Toffoli acaba de conceder prisão domiciliar a Paulo Salim Maluf, que se entregou à Polícia Federal - PF no dia 20 de dezembro de 2017, estava preso na Papuda. Ontem mesmo, O Antagonista perguntava para que dia estava marcada a soltura do ex-prefeito de São Paulo pelo STF. É, como também já publicamos, o esquenta de Dias Toffoli para ocupar a presidência do Supremo no lugar de Cármen Lúcia Antunes Rocha, a partir de setembro de 2018.

Urgente: Polícia Federal prende operador de Temer

A Polícia Federal - PF prendeu nesta quinta-feira (29/03), o advogado José Yunes, amigo e operador de Michel Temer, informa a jornalista da GloboNews Andréia Sadi. A decisão foi autorizada pelo ministro Luís Roberto Barroso.

Dono da Rodrimar é preso pela PF

O dono da Transporte Rodrimar, Antonio Celso Grecco, suspeito de ter repassado propina a Michel Temer, também foi preso pela PF.
Diz o G1:

"Desde o início da manhã desta quinta-feira (29/03), seis equipes da Polícia Federal - PF procuravam pelo empresário nos endereços que ele mantém em Santos. Alvos também de mandados de busca e apreensão, foram apreendidos documentos no apartamento dele, em um prédio frente à praia do Gonzaga, e na empresa portuária, na região do Centro da cidade".

Polícia prende chefona do tráfico que comanda facção e ordenava mortes em dois bairros da Capital

Joyce traficanteJoyce comandava o tráfico no Pici e Planalto Pici, e ordenava mortes na área, segundo a PM
Uma mulher, apontada como líder de uma facção e suspeita de ter ordenado vários assassinatos na periferia de Fortaleza foi, finalmente, presa na noite desta terça-feira após uma caçada que se já se arrastava a meses. A prisão da chefona do tráfico de drogas em vários bairros da zona Oeste da Capital foi até comemorada pela Polícia.

Joyce Costa Barros, 34 anos, finalmente foi localizada pela Polícia Militar durante um cerco de patrulhas do 18º BPM nos bairros Pici e Planalto Pici, na noite de ontem. Uma denúncia levou os militares a uma residência localizada na Rua José Antônio, onde a traficante se encontrava em companhia de um jovem identificado como Felipe Vieira Rodrigues 22 anos.

Com os dois suspeitos, a Polícia apreendeu drogas e material para embalagem, além de dinheiro oriundo da contabilidade do intenso tráfico que era comandado por Joyce desde que seu marido, o chefe dos pontos de vendas de drogas nos dois bairros, foi preso e transferido para um presídio.

Mandava matar

O casal detido pela PM foi encaminhado ao plantão do 10º DP (Antônio Bezerra) e autuado em flagrante por crime de tráfico de drogas. Como já tinha contra si mandados de prisão preventiva – por envolvimento em várias mortes – Joyce foi transferida, ainda na noite passada, para a carceragem feminina da Delegacia de Capturas e Polinter (Decap).

Conforme as investigações, por ser a “representante” da facção criminosa na área, a mulher tinha o poder de mandar seus comparsas fazer as cobranças da venda e consumo de drogas que eram vendidas por sua quadrilha na região, e quem não pagava era morto.

“Temos as informações de que ela mandou matar muitas pessoas. Trata-se de uma traficante de altíssima periculosidade e que era temida aqui”, disse um policial que participou da prisão de Joyce. Ainda segundo o agente, a mulher mudava constantemente de endereço já que era também caçada pelos inimigos da facção rival.

A prisão da mulher deve ser comunicada ainda nesta quarta-feira à Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) que investiga parte dos assassinatos ocorridos na região da Capital onde Joyce era a chefona do tráfico.

Lula diz que vai processar a Netflix por série sobre a Lava Jato

Em discurso em Curitiba, no ato de encerramento de sua caravana na noite desta quarta-feira 28, o ex-presidente Lula disse que irá processar a Netflix depois da exibição da série O Mecanismo, de José Padilha, inspirada na Lava Jato e que distorce diversos fatos da realidade, especialmente contra o PT.

Segundo Lula, a série foi “mais uma mentira” que fizeram contra ele e o PT. “Há anos eu já ouvia dizer que a Globo estava fazendo um documentário para passar na Netflix, para não aparecer a cara da Globo”, disse. “Nós vamos processar a Netflix”, anunciou. “Nós não temos que aceitar isso, e eu não vou aceitar”, declarou.

Na produção, Padilha coloca na boca do personagem que interpreta Lula a frase “precisamos estancar a sangria”, dita na realidade por Romero Jucá (PMDB-RR), em referência a uma estratégia para acabar com a Lava Jato, que incluía a deposição de Dilma Rousseff do poder.

Entre outros fatos distorcidos, a série mostra o doleiro Alberto Youssef circulando com intimidade pelo comitê de campanha de Dilma Rousseff à reeleição, em 2014, e mostra o caso Banestado acontecendo em 2003, durante o governo Lula, e não nos anos 90, durante o governo FHC.

Portal Click Política

Polícia Federal prende amigo e ex-assessor de Temer

A Polícia Federal prendeu, nesta quinta-feira (29), em São Paulo, o advogado José Yunes. Ele é amigo e ex-assessor do presidente Michel Temer. A prisão foi autorizada pelo ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), informa o Portal G1.

Segundo o advogado José Luis de Oliveira Lima, trata-se de uma prisão temporária de cinco dias.

“É inaceitável a prisão de um advogado com mais de 50 anos de advocacia, que sempre que intimado ou mesmo espontaneamente compareceu a todos os atos para colaborar. Essa prisão ilegal é uma violência contra José Yunes e contra a cidadania”, afirmou Oliveira Lima.

Em 30 de novembro do ano passado, Yunes prestou depoimento à Polícia Federal, no inquérito que apura se decretos presidenciais favoreceram empresas do setor de portos em troca de propina. Na ocasião, ele relatou uma operação de venda de imóvel para o presidente Michel Temer.

Yunes é apontado pelo operador financeiro Lúcio Funaro, delator da Operação Lava Jato, como um dos responsáveis por administrar propinas supostamente pagas ao presidente. De acordo com Funaro, para lavar o dinheiro e disfarçar a origem, Yunes investia os valores ilícitos em sua incorporadora imobiliária.

Rodrimar

Além de José Yunes, Celso Grecco, dono da Rodrimar, também foi preso na operação da PF realizada nesta manhã, informa a Coluna Radar, da Veja Online.

A decisão das prisões foi autorizada pelo ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal. Ele é relator de um inquérito que investiga se Temer beneficiou empresas do setor portuário em troca do suposto recebimento de propina. A Rodrimar seria uma delas.

O advogado de Grecco, Fabio Tofic, confirmou a prisão e respondeu ao Radar: ““A prisão temporária está sendo usada da forma mais ilegal possível, para ver se a PF consegue a forceps encontrar crime onde, por mais que quisessem, nunca conseguiram encontrar”.

Liminar garante abertura de postos de combustíveis neste feriadão da Semana Santa

O desembargador federal Francisco José Gomes, do Tribunal Regional do Trabalho no Ceará, concedeu liminar permitindo o funcionamento dos postos de combustível do Estado na Semana Santa.

Nos últimos feriados – de São José e da Data Magna do Ceará (Libertação dos Escravos), esses estabelecimentos fecharam no Estado justificando falta de acordo com os frentistas. Os poucos que abriram atuavam de forma irregular. A decisão foi divulgada na última terça-feira, 27.

Conforme a liminar, os postos podem “inclusive estabelecer jornadas especiais de trabalho para os seus empregados neste período (a Semana Santa), devendo a fiscalização do trabalho se abster de lavrar autos de fiscalização relativos ao funcionamento dos postos nesta data”.

Jorge Picciani deixa a cadeia no Rio para cumprir prisão domiciliar

Resultado de imagem para jorge piccianiO presidente afastado da Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj), Jorge Picciani (MDB), deixou na noite dessa quarta-feira (28) a Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, zona norte do Rio, em um carro da Polícia Federal. O deputado recebeu autorização para sair do local após decisão, na terça-feira (27), da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), de conceder prisão domiciliar ao parlamentar, que será cumprida na casa dele, na Barra da Tijuca, zona oeste da cidade.

Picciani foi preso, preventivamente, no dia 16 de novembro do ano passado junto com os também deputados da mesma legenda, Paulo Melo e Edson Albertassi, no âmbito da Operação Cadeia Velha. Os três estão envolvidos em denúncias de recebimento de propinas para favorecer empresas de ônibus. No dia seguinte, a Alerj reverteu a decisão judicial e votou a favor de que os três deixassem a prisão. Mas, em uma outra mudança, no dia 21, o Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) expediu uma nova ordem de prisão e determinou o afastamento do cargo dos deputados estaduais.

A decisão do STF foi por 2 votos a 1, depois de ser apresentado o voto do relator, ministro Dias Toffoli, que aceitou o argumento da defesa de Picciani de que ele tem doença grave. Antes de ser preso, o parlamentar passou por cirurgia e tratamento para retirada da bexiga e da próstata, em consequência de câncer. Segundo a defesa, por isso, o deputado precisaria ter um tratamento incompatível com as condições da cadeia. Em prisão domiciliar, no entanto, Picciani vai ter que se submeter a uma avaliação médica a cada dois meses para verificar se tem condições de voltar à cadeia ou se ainda há necessidade de permanecer em casa.

Agência Brasil

Um Ferreira Gomes ganha cumprimentos de Temer

Um Ferreira Gomes esteve, nesta quarta-feira, em Brasília, com o presidente Michel Temer. Calma, nada de aproximação política, mas apenas compromisso protocolar.

O prefeito de Sobral, Ivo Gomes (PDT), irmão de Ciro e Cid Gomes, recebeu, das mãos de Temer, no Palácio do Planalto, premiação de caráter nacional por seu município ter se destacado no plano da educação.

Temer, bom lembrar, é qualificado pelo presidenciável Ciro Gomes (PDT) como “chefe de quadrilha”. entre outras adjetivações.

Foto: Divulgação
Blog do Eliomar

quarta-feira, 28 de março de 2018

Maluf é internado em hospital de Brasília

O deputado federal afastado Paulo Maluf (PP-SP) foi internado em um hospital particular da Asa Sul, em Brasília, por volta da 0h desta quarta-feira (28).

O Hospital Home confirmou a internação do deputado, mas não informou o motivo nem o estado de saúde dele até as 9h desta quarta.

Segundo os advogados de Maluf, o deputado tem problemas cardíacos e ortopédicos, além de câncer de próstata e diabetes. Ao STF, a defesa pediu a prisão domiciliar alegando “questões humanitárias e riscos à saúde”.

Maluf está preso na Complexo Penitenciário da Papuda desde 22 de dezembro, depois de decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), que determinou o cumprimento imediato da pena de 7 anos e 9 meses de prisão a que ele foi condenado por lavagem de dinheiro no período em que foi prefeito de São Paulo (SP) – entre 1993 e 1996.

A informação é do Portal G1

Projeto Doutores na Comunidade distribuirá 100 cestas básicas para famílias carentes nesta Sexta-feira Santa em Camocim

Projeto completa 1 (um) ano de existência
O Projeto Doutores na Comunidade distribuirá na Sexta-Feira Santa, a partir das 7h, 100 cestas básicas para famílias carentes de Camocim. O cadastro das pessoas que serão beneficiadas, com distribuição de uma senha, está sendo feito no escritório do advogado Zenilson Coelho, situado na Avenida Beira Mar, 45, em frente a Pracinha do Amor.

1 (um )ano de atuação.

O Projeto Doutores na Comunidade, idealizado pelo Advogado Zenilson Coelho, com a colaboração do vereador Zezinho da Rádio, completou um ano de existência em Camocim no dia 10 de Março. Sua primeira experiência ocorreu na Praça Pinto Martins, com o atendimento de vários profissionais da Saúde, Assistência Social, advogados e demais profissionais, atendendo gratuitamente a população com distribuição gratuita de medicamentos. 

Durante seu primeiro ano de atuação, o Projeto ampliou sua rede de profissionais voluntários e já percorreu vários bairros carentes de Camocim e localidades dos dois distritos do Município, além de colaborar com ações de outras instituições filantrópicas de Camocim.

Via Revista Camocim

Menina sequestrada na Paraíba é encontrada por policiais cearenses no interior de Pernambuco

Sequestro 1
A pequena Nicolly foi resgatada em Salgueiro (PE) pelos policiais da cidade de Penaforte (CE)
Policiais militares do Destacamento da PM em Penaforte, Município localizado no Sul do estado (a 561Km de Fortaleza), localizaram no interior de Pernambuco uma criança de apenas 7 anos de idade que havia sido seqüestrada há cerca de três semanas na Paraíba. O resgate da menina ocorreu após a Polícia descobrir que o sequestrador havia passado com sua pequena refém por pela cidade cearense nos últimos dias.
Sequestrador 1
O sequestrador, visto nesta imagem raptando a menina, está foragido e sendo procurado
A menina Nicolly de Paiva foi encontrada na residência de familiares do sequestrador, na localidade conhecida por Sítio Carrancudo, na zona rural do Município de Salgueiro, em Pernambuco. Foi levada de volta para Penaforte e entregue aos membros do Conselho Tutelar daquela cidade.
Conforme as autoridades, denúncias recebidas pela Polícia indicaram que a criança e seu sequestrador, identificado como Maécio Damasceno Silva, foram vistos em Penaforte no fim de semana passado. Foi a partir dessa pista que os PMs começaram a investigação até, por fim, localizarem a criança na casa de familiares do suspeito.
O sequestrador: Maécio Damasceno, na foto abaixo, (foragido)
Sequestro 2A menina apresentava sinais de maus-tratos. Ela relatou aos policiais e aos membros do Conselho Tutelar que sofreu espancamentos. Chegou a sofrer um corte na boca e o seqüestrador colocou sal em cima do ferimento, causando dor e sofrimento à criança.
Lugares
O seqüestro da menina aconteceu no dia 9 de março em João Pessoa, na Paraíba. O homem estava abrigado provisoriamente na casa da mãe da criança e para raptá-la simulou levá-la para uma lanchonete. Os dois desapareceram e a Polícia paraibana foi acionada.

Nos 18 dias em que esteve em poder do bandido, a menina passou por vários lugares. Este em Recife e chegou a Interior do Ceará nos últimos dias.

Fonte: Blog do Fernando Ribeiro

Raquel Dodge volta a denunciar Aécio Neves ao STF por corrupção e obstrução de justiça

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, voltou a denunciar o senador Aécio Neves (PSDB) por corrupção e obstrução de justiça, no processo que havia sido iniciado pelo ex-procurador Rodrigo Janot. Nesta terça-feira, 27, Dodge apresentou réplica aos argumentos da defesa do parlamentar e reiterou o pedido feito ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que receba integralmente a denúncia contra ele. Na peça, são acusados também a irmã de Aécio, Andréa Neves da Cunha, o primo Frederico Pacheco de Medeiros, e o ex-assessor parlamentar do senador Zezé Perrela (MDB/MG), Mendherson Souza Lima.

Aécio Neves é acusado de solicitação e obtenção, junto ao empresário Joesley Batista, de uma propina no valor de R$ 2 milhões e por obstrução da Justiça, ao tentar atrapalhar o andamento da Operação Lava Jato. Quanto ao recebimento do dinheiro, que o senador alega ter se tratado de pedido de empréstimo pessoal, Dodge aponta que não há provas que apontem tratar-se de algo com esse caráter, a partir da análise da conversa entre Aécio e o empresário.

Para Dodge, a “vantagem indevida” fica clara “quando o senador afirma que a pessoa que iria receber as parcelas deveria ser alguém ‘que a gente mata antes de fazer delação’. Além disso, a forma como os valores foram entregues, em dinheiro, com utilização de artimanhas para dissimular o seu recebimento (inclusive com a parada do veículo que os transportou em local sem qualquer registro de câmeras, conforme detalhado pelas autoridades policiais em seus relatórios), “também demonstram a ilicitude da transação”.

A procuradora disse ainda que esse tipo de troca de favor não foi um ato isolado, mas uma prática do parlamentar na relação com Joesley, configurando crime contra a administração pública.

Obstrução

Consta no documento que os acusados tentaram de “diversas formas” obstruir as investigações, por meio de pressões sobre o governo e a Polícia Federal para escolher os delegados que conduziriam os inquéritos da Lava Jato, bem como ações vinculadas à atividade parlamentar. Nesse sentido, o texto cita a defesa pelo senador da aprovação do projeto de lei de abuso de autoridade (PLS 85/2017) e da anistia para crimes de caixa dois, no âmbito da tramitação das chamadas “10 medidas contra a corrupção”.

Obstrução

Conforme a procuradora-geral, os fatos ilustram,  “de forma indubitável, que a conduta do acusado, que procurou de todas as formas ao seu alcance livrar a si mesmo e a seus colegas das investigações, não cuidou de legítimo exercício da atividade parlamentar. Ao contrário, o senador vilipendiou de forma decisiva o escopo de um mandato eletivo e não poupou esforços para, valendo-se do cargo público, atingir seus objetivos espúrios”.

Na réplica aos argumentos da defesa, Dodge pede a rejeição das preliminares suscitadas pelos denunciados, como os supostos indícios de que o então procurador da República Marcelo Miller, com ciência e anuência da PGR, teria atuado na elaboração da colaboração premiada dos executivos da J&F com a procuradoria e a alegada ilicitude da gravação do diálogo mantido entre Joesley Batista e o senador, cujos fatos revelados e tornados públicos embasam a denúncia.

Raquel Dodge defendeu a validade da gravação, falou que não houve indução por parte dos colaboradores para que o senador cometesse crime de corrupção passiva, já que voluntariamente ele teria procurado Joesley, e aponta a validade dos acordos de colaboração questionados pelo acusado. Diante disso, ela pediu o recebimento integral da denúncia, com a citação dos acusados e o início da instrução processual penal.

A denúncia pede a condenação de Aécio Neves por obstrução de justiça e corrupção passiva, sendo que este crime é imputado também aos demais réus. Conforme a PGR, os irmãos Aécio e Andréa também devem ser condenados a reparar a União dos danos materiais no valor da propina de R$ 2 milhões. Já por corrupção, pede que paguem R$ 4 milhões, valor referente aos danos morais causados por eles.

Agência Brasil

terça-feira, 27 de março de 2018

O Brasil continua apanhando da Alemanha desde 2014

Técnico Tite durante treino seleção brasileira em Berlim - foto: Pedro Martins/Mowa Press
Brasil e Alemanha jogam hoje pela primeira vez desde a surra histórica de 7 a 1, aplicada pelos alemães no Mineirão, em 2014. De lá para cá, o Brasil continuou apanhando na economia. Basta ver os dados da evolução do PIB e do desemprego de ambos os países:

PIB
Ano Alemanha Brasil

2014 +1,9% – 0,38%

2015 +1,7% – 4,59%

2016 +1,9% – 4,4%

2017 + 2,2% + 0,2%

Desemprego
Ano Alemanha Brasil

2014 6,7% 6,8%

2015 6,4% 8,5%

2016 6,1% 11,5%

2017 5,7% 12,7%.

Morte de pistoleiro durante emboscada deixa duas cidades do Vale do Jaguaribe em estado de pânico

Gago 4
Luan Torquato, o "Gago": morto numa emboscada no Assentamento Mandacaru II, na zona rural de Jaguaribara na tarde desta segunda-feira
As cidades de Jaguaribara e Jaguaretama, ambas localizadas no Vale do Jaguaribe, estão em clima de tensão após o assassinato de um pistoleiro que era temido naquela região. O medo de uma represália, envolvendo membros da família do matador, formada por criminosos envolvidos em crimes de aluguel, é real e os moradores estão assustados. A Polícia não reforçou a segurança na área, o que aumenta o clima de preocupação nos dois Municípios.
Gago 7
Pistoleiro foi atingido por vários tiros de pistola no rosto e no tórax, morrendo no local
O assassinato do pistoleiro ocorreu por volta de 13 horas desta segunda-feira (26) no Assentamento Mandacaru II, na zona rural do Município de Jaguaribara (a 283Km de Fortaleza), onde Luan Torquato Rocha, 19 anos, conhecido por “Gago”, caiu numa emboscada e foi executado com vários tiros de pistola na cabeça e no tórax. Os autores do crime fugiram sem que fossem identificados.
Gago 8
A família é composta por bandidos já conhecidos da Polícia e temidos no Vale do Jaguaribe
Informações colhidas pela Polícia revelam que os assassinos do pistoleiro fugiram do local em um veículo ainda não identificado. Moradores da área ouviram os estampidos e acionaram a Polícia Militar. O corpo foi encontrado logo em seguida e, horas depois, removido para o Núcleo da Perícia Forense (Pefoce) de Quixeramobim (a 201Km da Capital).

Família de matadores

Luan Torquato, o “Gago”, era membro de uma família composta por quatro irmãos, todos envolvidos em crime no Vale do Jaguaribe. O mais conhecido deles é o Genilson Torquato, criminoso reponsável por mais de 30 assassinatos nas cidades de Jaguaretama e Solonópole, e que foi parceiro do também matador de aluguel Lucivando Saraiva Diógenes, o “Gordo do Senhorzinho Diógenes”.

A dupla foi a responsável por dezenas de assassinatos na região, até que na madrugada do dia 18 de junho de junho de 2008, a caçada policial a “Gordo”, que se arrastava há meses, terminou com um confronto policial em que o bandido terminou morto. O tiroteio ocorreu nas matas da Fazenda desterro, na localidade de Caiçara, no limite entre os Municípios de Jaguaretama e Jaguaribara.

Genilson conseguiu furar o cerco policial após o comparsa tombar morto com um tiro de fuzil no peito. Porém, acabou preso semanas depois no Município de Mombaça. Trazido para Fortaleza, sob forte escolta policial, foi encaminhado à sede da Procuradoria Geral de Justiça onde onfessou ao Ministério Público ser o autor de, pelo menos, 11 assassinatos junto com “Gordo”.

Além de Genilson, que permanece preso, Luan Torquato, o “Gago” era irmão dos pistoleiros Júnior Torquato, conhecido por “Barrão”, e “Júnior Vaqueiro” (irmão adotivo). Ambos também estão atrás das grades. A Polícia suspeita que “Gago” tenha sido morto em um ‘acerto de contas’ da quadrilha.

Blog do Fernando Ribeiro

Bandidos ameaçam novos atentados e fazem juras de morte ao deputado Vitor Valim

ValimValim vai denunciar o caso na Câmara dos Deputados e ao ministro da Segurança Pública
Em meio a mais uma temporada de ataques armados e destruição de ônibus através de incêndios criminosos, bandidos de uma facção voltaram a usar as redes sociais para espalhar mais ameaças à população cearense. Em um novo “salve geral”, eles agora dão nomes a seus alvos. Entre eles, o deputado federal e apresentador de TV, Vitor Valim, que apresenta um programa policial diário na TV Cidade. Ameaçam também atacar a sede emissora e suas equipes de reportagem, incendiado os veículos que transportam os profissionais de Imprensa.

O “salve geral” está postado desde a noite desta segunda-feira e os criminosos, mais uma vez, afirmam que os atentados já registrados irão se multiplicar no Ceará, atingido, além de ônibus e prédios públicos, táxis, carros do Uber, caminhões com cargas, pontes, coletivos que transitam pelas BRs, carros de reportagem, políticos e outros alvos na Capital e no Interior.

“Se acharem que estamos blefando, aguardem aí”, diz o comunicado. Os criminosos citam o nome do governador do estado, Camilo Santana (PT) como o responsável pela reação violenta da facção, após o anúncio da instalação de bloqueadores de sinal de telefonia móvel (celular) nos presídios da Grande Fortaleza. Segundo eles, Camilo já teria se reunido com representantes de uma empresa para a instalação dos equipamentos em presídios e Casas de Privação Provisória da Liberdade, as CPPLs.

Citam, entre as unidades que receberão os bloqueadores, as CPPLs 1, 2 e 3 que joje abrigam, exclusivamente, detentos ligados às facções criminosas que atuam no Ceará.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) não se pronunciou sobre o fato.

Denunciar

Vitor Valim informou que irá denunciar as ameaças na Câmara dos Deputados, em Brasília; ao presidente da Casa, deputado Rodrigo Maia; e ao ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann.

Fonte: Blog do Fernando Ribeiro

Ciro exercita seu inglês de Sobral na Inglaterra

O presidenciável Ciro Gomes (PDT) está na Inglaterra, onde falará, nesta terça-feira, na Universidade de Brighton, sobre a Conjuntura Política e Econômica do Brasil.

De lá, o pedetista seguirá para Paris, onde dará palestra sobre o Brasil na Universidade de Sorbonne.

Fonte: Blog do Eliomar

Alunos de escola do Rio recebem cenouras em “kit saudável” da Páscoa

A Secretaria Municipal de Educação de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, decidiu, nesta semana que antecede o Domingo de Páscoa, presentear os alunos da rede pública de ensino da cidade. No entanto, os tradicionais ovos e bombons de chocolate foram trocados por uma opção saudável: cada criança recebeu um kit com cenouras e uma receita de bolo. O brinde não foi bem aceito e, nas redes sociais, pais e familiares criticaram a medida. A informação é do jornal Extra.
No kit “Páscoa com alimentação saudável”, cada criança recebeu um pacote com algumas cenouras e uma sugestão de receita para bolo de Páscoa impressa e entregue junto com as raízes. Em um documento enviado aos diretores de escolas municipais, a coordenadora de alimentação escolar, da SME, Ana Lucia de Almeida, explica o projeto:
“Prezado diretor. Cumprimentando-o, encaminhamos para que seja implementado nas unidades escolares o projeto ‘Páscoa com alimentação saudável’, onde nessa ação cada aluno deverá receber, simbolizando a páscoa, um kit de cenoura acompanhado de uma receita de bolo (anexo) para ser confeccionado pelas famílias”, diz.
Segundo a coordenadora, o município recebeu uma quantidade maior do que a “usual” de cenoura e, para evitar o desperdício, o alimento deveria ser entregue aos alunos.
“Esclarecemos que essa proposta foi construída em parceria com o Conselho de Alimentação Escolar tendo em vista o quantitativo de cenoura recebido nas unidades escolares divergente da per capita usual. Solicitamos que seja realizado o registro fotográfico desta ação e que seja encaminhado à CAESC por e-mail. Torna-se imprescindível o esclarecimento bem como a união de esforços a fim de que não haja desperdício de gêneros, uma vez que estes são para atendimento efetivo dos alunos”, diz no comunicado aos diretores.
A receita do bolo de cenoura entregue aos alunos leva poucos ingredientes: três xícaras de farinha de trigo, duas xícaras de açúcar, três colheres de fermento, três cenouras grandes — entregues no kit —, uma xícara de óleo e quatro ovos. O passo a passo ainda inclui o modo de preparo.

Nas redes sociais, pais e familiares de alunos não receberam bem a ideia da secretaria de Educação e do conselho de alimentação: “Obrigado senhor prefeito Washington Reis, pelo ótimo presente que o senhor deu para nossas crianças que estudam na Escola Municipal Anton Dwovsak. Que o senhor seja ricamente abençoado por ter abençoado nossas crianças pelas três cenouras murchas para fazermos bolo de cenoura”, ironizou a familiar de uma das crianças.

Outra moradora da cidade compartilhou a foto da prima com o “kit Páscoa saudável” e escreveu sobre o caso: “Olha o que a minha prima ganhou no colégio. Enquanto em outros colégios as crianças estão ganhando bombom, ovinhos de Páscoa, ela simplesmente ganhou cenoura do prefeito. Ela disse que a professora entregou dizendo que o prefeito que pediu para entregar e que era para eles fazerem bolo de cenoura em casa para comer. Minha prima virou coelha agora?”, escreveu.

Em nota, a Prefeitura de Duque de Caxias diz que o prefeito Washington Reis, após ter conhecimento da distribuição de cenouras pela secretaria municipal de Educação aos alunos da rede de ensino, procurou os responsáveis pela pasta em busca de explicações. A secretaria explicou que houve um erro no pedido de cenoura e que, por se tratar de um alimento perecível, a SME decidiu distribuir as raízes aos alunos, para evitar o desperdício.

“A Prefeitura ressalta que não compactua com desperdício, nem tolera o gasto desordenado e irresponsável de dinheiro público. Em nome do prefeito Washington Reis, a Prefeitura lamenta e pede desculpas ao povo de Duque de Caxias, em especial aos nossos 80 mil estudantes e suas famílias”, diz em nota.

O que anda fazendo a força-tarefa que Temer mandou para o Ceará?

Depois da chacina das Cajazeiras, o presidente Michel Temer (MDB) autorizou, em 30 de janeiro, o envio de força-tarefa da Polícia Federal ao Ceará. Nada foi feito e, em 18 de fevereiro, a promessa foi reafirmada, após assassinato de líderes nacionais do PCC que estavam em Aquiraz. No dia seguinte, os enviados chegaram ao Estado e tiveram as primeiras reuniões. Faz mais de mês.

Onde está a força-tarefa federal que daria apoio à segurança no Ceará? Cadê eles? O que fazem?

De lá para cá, já teve outra chacina, já houve sequência de atentados. E não se viu rastro desse pessoal.

Se trabalham na surdina, os resultados permitem perceber que o desempenho não é dos melhores.

Foto: Matheus Facundo
Da Coluna Política, de Érico Firmo, no O POVO

Heitor Férrer se filia ao… Solidariedade 941 3

O deputado estadual Heitor Férrer se filiou, nesta manhã de terça-feira, ao Solidariedade. A ficha foi abonada pelo presidente regional da legenda, o deputado federal Genecias Noronha.

Heitor disse que deu adeus ao PSB porque a legenda, sob controle do deputado federal Odorico Monteiro, já anunciou que apoiará a reeleição do governador Camilo Santana e Eunício Oliveira (MDB) e Cid Gomes (PDT) para o Senado.

“Fiquei sem condições de permanecer nesse partido, o Solidariedade no Estado é oposição a Camilo”, destacou Heitor Férrer.

Lembrado de que o Solidariedade nacionalmente apoia o Governo Temer, o parlamentar preferiu observar: “Estou fora da questão nacional!” Heitor disputará reeleição à Assembleia Legislativa.

Foto: Divulgação
Blog do Eliomar

O País está em guerra

Resultado de imagem para O brasil está em guerraCom o título “A hora dos fortes chegou”, eis artigo de Ricardo Alcântara, escritor e publicitário, destacando que o País “está em guerra”.

Confira:

O que falta acontecer para o Estado Brasileiro reconhecer que vivemos uma guerra de fato? No Ceará, o crime organizado fuzilou duas instituições de Segurança: a Secretaria da Justiça, responsável por cuidar dos bandidos presos, e um batalhão da polícia militar, que trata de prender os que estão soltos. E pregaram aviso: “é só o começo”. Seria uma reação presumida à presumida decisão do governo do Estado de, em breve e finalmente, instalar bloqueadores de celulares nos presídios para cortar a cadeia de comando entre chefes de quadrilha e as legiões de psicopatas que seguem suas ordens, produzindo cadáveres em escala industrial, à média de mil por mês. A medida apenas cumpriria ordem judicial. É uma vergonha para o governador que só tenha admitido cumpri-la depois de obrigado a fazê-lo, uma covardia que nos faz parecer uns bananas de pijama. Vergonha ainda maior por ser medida de operação elementar, baixo custo e indispensável.

Os que cuidam de nos manter vivos relutam em admitir, mas o País está em guerra. E os inimigos são os bandidos que apontam para nossas cabeças armas que nos pertencem, de uso exclusivo do Estado, a desafiar uma ordem já socialmente precária que enfrentamos com efetivos policiais insuficientes, mal remunerados, precariamente equipados, mal fiscalizados e limitados por protocolos de conduta que os levam ao confronto em condições favoráveis aos adversários em combate. Digo “guerra” no sentido literal: é preciso abandonar os protocolos da repressão policial coercitiva e adotar outros, excepcionais, apropriados a territórios conflagrados. Do tipo que só termina quando acaba. O motivo é suficiente: antes eles do que nossos filhos. Não receio dizê-lo. Não estou preocupado em ficar bem na fita com os parasitas da boa fala. Há mais em jogo. Sou alfabetizado e não ignoro a complexidade da operação, nem seus efeitos trágicos. Meu apelo é simples: peço ao Exército que tome as devidas providências. É seu dever constitucional. Trate de cumprir. Porque eu, que vos pago, aqui estou tentando cumprir os meus.

Ricardo Alcântara - Escritor e publicitário.

Foto:Google

Justiça Federal nega recurso a Eduardo Cunha

A Oitava Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) negou hoje (26) embargo de declaração protocolado pela defesa do ex-deputado Eduardo Cunha, condenado por corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Cunha, que está preso preventivamente desde outubro de 2016 em Curitiba, ainda tem outro recurso pendente de julgamento na segunda instância, um embargo infringente.

Diferentemente do embargo de declaração, o infringente tem possibilidade de resultar na alteração do resultado de um julgamento, inclusive no sentido de absolvição do réu. Ainda não há data marcada para o julgamento do outro recurso de Cunha no TRF4.

Ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha foi condenado em março do ano passado pelo juiz Sergio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, a 15 anos e quatro meses de prisão, por participação em um esquema de corrupção na compra de um campo de petróleo, em Benin, na África, pela Petrobras. Cunha teria recebido US$ 1,5 milhão em propina.

Em novembro do ano passado, a condenação foi confirmada pelo TRF4, que, no entanto, reduziu a pena de Cunha para 14 anos e seis meses de prisão.

Agência Brasil/Foto – Estadão

Ciro elogia STF por ter dado a Lula habeas corpus preventivo

O pré-candidato à presidência pelo PDT, Ciro Gomes, elogiou nessa segunda-feira, 26, a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de impedir que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva receba uma ordem de prisão antes de encerrado o julgamento sobre o habeas corpus preventivo solicitado por sua defesa.
Para o ex-governador e ex-ministro, Lula se vale de sua presunção de inocência. Ciro Gomes criticou ainda a prisão a partir de segunda instância, que a seu ver é uma aberração do Direito no Brasil.

Os comentários de Ciro Gomes foram feitos à reportagem em Montpellier, no sul da França, onde participou de uma série de encontros, entre os quais uma conferência na Universidade de Montpellier.

“Acho que o STF andou em bom direito”, disse o pré-candidato, referindo-se à sessão de quinta-feira, 22. Falando como “professor de Direito”, como frisou, Ciro Gomes disse que a execução da pena ainda sub judice é uma coisa estranha do ponto de vista do Direito. “O que não é o caso da Lei da Ficha Limpa, que é uma aberração, mas não tem transgressão nenhuma.”

Para o pré-candidato, tornar automática a prisão em segunda instância foi um erro do STF, que agora causa a confusão político-jurídica. “O que está errado é a existência de quatro graus de jurisdição para um assunto trivial”, afirmou.

Ainda que tenha defendido o direito de Lula de requisitar o habeas corpus preventivo, Ciro Gomes disse que não defenderá o ex-presidente no caso de impugnação de sua candidatura em razão da Lei da Ficha Limpa. “Faria o que estivesse ao meu alcance. Mas não posso fazer nada”, afirmou.

Embora seja contrário ao mecanismo – mais uma vez alegando que a decisão final da Justiça no Brasil se dá ao final do processo nas quatro instâncias, e não apenas em duas -, Ciro Gomes alegou que a legislação foi aprovada pelo Congresso Nacional durante os governos do PT, e que tem servido de parâmetro para toda a classe política. “Quem relatou do projeto da Lei da Ficha Limpa foi o José Eduardo Cardozo (ex-ministro da Justiça)”, lembrou, referindo-se ao seu interlocutor em um seminário realizado em Barcelona no sábado.

Agência Estado

Grupo explode duas agências bancárias em Reriutaba

Um grupo fortemente armado explodiu, na madrugada desta terça-feira duas agências bancárias na cidade de Reriutaba (Zona Norte), deixando a população em situação de pânico.

Foram atacadas, com explosivos, as agências do Banco do Brasil e do Bradesco, segundo informação do Comando de Policiamento do Interior (CPI).
A ação criminosa ocorreu por volta das 2h30min. Houve troca de tiros entre bandidos e policiais. O grupo não conseguiu levar o dinheiro, segundo informações preliminares.
O poder de destruição da dinamite utilizado pelo grupo contra um dos bancos foi tão intenso que atingiu parte de uma residência vizinha à agência do Bradesco. Foi um grande susto para os moradores dessa casa, que se vêem no prejuízo.

A Polícia faz cerco na região em busca dos bandidos. Ninguém, até agora, foi preso. De acordo com o Sindicato dos Bancários do Estado, esse foi o 14 ataque a instituição bancária, incluindo chegadinhas e saidinhas, neste ano

Fotos e vídeo via WhatsApp
Fonte: Blog do Eliomar

Um tucano que não vai alçar voos e o Capitão que será candidato ap governo, se a violência aumentar

O PSDB do Ceará encomendou pesquisa qualitativa e quantitativa sobre eleições, mas, claro, tudo ficou para consumo interno. A novidade é que o nome do senador Tasso Jereissati, o líder maior do tucanato cearense, não consta entre opções para o Governo. Pouco se sabe dos resultados, que continuam sendo avaliados em reuniões noturnas e sempre no escritório político de Jereissati.

O vice-presidente tucano Raimundo Gomes de Matos confirma que o nome de Tasso não entrou na pesquisa, que abre para avaliações quanto aos nomes, por exemplo, do Capitão Wagner, Roberto Pessoa e até de Geraldo Luciano, o tucano de peso executivo – vice do Grupo M. Dias Branco, que já avisou, por várias vezes, não querer carregar esse fardo.

Capitão Wagner andou chutando o pau da barraca dos tucanos, depois que se mudou, de malas e bagagens, para comandar o Pros. Ele sempre aparece bem cotado, mas, naquela de que não é capitão para virar soldado de partido, vai acabar candidato mesmo a deputado federal, apostam alguns.

Há tucanos, no entanto, acreditando que se o quadro da violência permanecer como está, em crise, o Capitão possa repensar seus planos e o PSDB também repensar apoiá-lo. Pena, no caso, que por uma causa muito, muito complicada.

segunda-feira, 26 de março de 2018

Postos de combustíveis podem fechar na Semana Santa

Resultado de imagem para postos de combustiveisOs postos de combustíveis podem fechar durante os quatro dias de feriado da Semana Santa. Segundo o Sindicato dos Empregados em Postos de Serviços de Combustíveis e Derivados de Petróleo do Ceará (Sinpospetro-CE), mais uma vez os postos não foram autorizados a abrir, pois fecharam acordo coletivo que só voltariam a trabalhar em feriados quando houvesse acordo quanto ao pagamento de extras. Haverá uma nova reunião durante a semana para decidir o funcionamento dos estabelecimento.

Os postos de combustíveis não funcionaram nos últimos dois feriados do Ceará: o de São José, no dia 19 de março, e da Carta Magna, comemorado no dia 25.

Conforme o Sindipostos, apenas quinze estabelecimentos funcionaram normalmente no Ceará no último domingo (25), pois conseguiram autorização para abrir. Desses postos, nove ficam em Fortaleza, um em Cascavel e cinco em Beberibe.

Reunião

Durante reunião ocorrida no último dia 13, na sede do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), ficou decidido que os empregados de postos só voltarão a trabalhar nos feriados quando for firmado acordo sobre o pagamento dos extras. 

Juiz confisca U$$ 5 milhões de Eduardo Cunha

Além da quantia, três imóveis do ex-deputado e uma parte de uma quarta propriedade também foram confiscados. Eduardo Cunha está preso em Curitiba.
O juiz federal Sérgio Moro, responsável pela operação Lava Jato na 1ª instância, ordenou o sequestro de cerca de U$$ 5 milhões do ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha. Além da quantia, três imóveis em nome do ex-deputado e uma fração de um quarto também foram sequestrados. Todas as propriedades são localizadas no Rio de Janeiro.

A decisão é consequência da segunda ação movida pelo Ministério Público Federal em Curitiba, que acusa Cunha e a ex-deputada Solange Almeida de terem recebido propina de U$$ 5 milhões nos contratos de navios-sondas Petrobras 10.000 e Vitória 10.000. A propina teria sido paga pelo estaleiro Samsung.

Eduardo Cunha está preso desde outrubro de 2016. Ele já foi condenado pelo juiz Sério Moro a mais de 14 anos de prisão. Entre as condenações, há lavagem de dinheiro, evazão de divisas e corrupção. 

Presidiário ordenou ataque ao prédio da Ciops

Suspeito confessou que tinha um chip cadastrado em seu nome nos aparelhos recolhidos em sua cela
Um trabalho em conjunto entre as Polícias Civil e Militar permitiu a identificação do autor das ameaças de ataque ao prédio da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), em Sobral, Região Norte do Estado. De acordo com as investigações, as chamadas de pessoas ameaçando incendiar o prédio da Ciops de Sobral partiram de um chip cadastrado no nome de José Fábio Alves da Silva Maciel (36), que se encontra preso na Penitenciária Industrial Regional de Sobral (PIRS). Durante a vistoria na cela do suspeito, realizada nest domingo (25), foram apreendidas drogas e celulares, incluindo o aparelho que originou as ligações.

Após verificar as chamadas contendo ameaças de ataque ao prédio da Ciops, policiais militares e civis caíram em campo para identificar os números que estavam fazendo tais ameaças e seus autores. De posse dos dados, um número chamou atenção das equipes policiais que apontou para o telefone de Fábio. Então, os policiais se dirigiram até o Penitenciária Industrial Regional de Sobral (PIRS) e, com apoio dos agentes penitenciários, realizaram vistoria na cela do suspeito, onde encontraram carregadores de celular, vários papéis com anotações e cálculos, oito gramas de cocaína, cinco pacotes de maconha e seis celulares.


Ao ser conduzido para a delegacia, o suspeito confessou que tinha um chip cadastrado em seu nome nos aparelhos recolhidos em sua cela. Quando os policiais fizeram uma chamada para um dos números alvo das investigações, um dos aparelhos tocou. O suspeito possui passagens pela Polícia pelos crimes de furto e dois procedimentos por tráfico de drogas, motivo pelo qual cumpre pena na unidade prisional. Fábio foi conduzido para a Delegacia Regional de Sobral e foi autuado em flagrante pelo crime de tentativa de incêndio em edifício público.

A Polícia Civil investiga a participação de Fábio como mandante do ataque ao prédio da Ciops, bem como a ordem para uma tentativa de incêndio registrada a garagem da Prefeitura de Sobral. Uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) compareceu ao local e constatou que apenas um veículo foi atingido parcialmente. Segundo informações, o vigilante do prédio conseguiu evitar que o fogo se alastrasse e atingisse outros veículos.

Ataque

Na madrugada do domingo (25), a sede da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), em Sobral, foi alvo de ataque de criminosos. Um coquetel molotov foi lançado na janela de vidro da unidade, que ficou parcialmente quebrada. O artefato explosivo não chegou a entrar em combustão e foi recolhido no local para ser periciado. A Polícia Civil permanece com os trabalhos investigativos no intuito de capturar os demais autores do crime.

Fonte: CNews

Jovem que teve a testa tatuada com 'ladrão e vacilão' é preso por furto na Grande São Paulo


Resultado de imagem para Jovem que teve a testa tatuada com 'ladrão e vacilão' é preso por furto na Grande São Paulo
No ano passado, o jovem, então com 17 anos, teve a testa tatuada com a frase "eu sou ladrão e vacilão" após ser acusado de roubar uma bicicleta. Estudante chegou a fazer sessões de remoção da tatuagem, mas o processo ainda não terminou.
O estudante Ruan Rocha da Silva, 18 anos, que teve a testa tatuada no ano passado com a frase "eu sou ladrão e vacilão", foi preso em flagrante no último sábado (24/03), em Mairiporã (Grande SP), acusado de tentar roubar tubos de desodorante de um mercado. Segundo a Secretaria da Segurança Pública, o acusado foi flagrado às 20:00 horas ao tentar furtar os produtos em um mercado na estrada Arão Sahm, no Jardim Nippon.
O dono do estabelecimento afirmou à polícia que viu quando o rapaz colocou objetos dentro de sua calça e saiu do local sem pagar. O comerciante abordou o jovem e descobriu que ele estava com cinco frascos de desodorante escondidos. A PM foi chamada. Uma fiança de R$ 1.000,00 foi paga (a polícia não soube informar por quem). O jovem responderá em liberdade. O caso foi registrado como furto. A defesa de Ruan não quis se manifestar sobre o caso.

Tatuagem

No dia 31 de maio do ano passado, o jovem, então com 17 anos, teve a testa tatuada com a frase "eu sou ladrão e vacilão" após ser acusado de roubar uma bicicleta, em São Bernardo do Campo (ABC). O tatuador Maycon Wesley Carvalho dos Reis, 28 anos, e o seu amigo Ronildo Moreira de Araújo, 30 anos, foram presos em flagrante após divulgarem vídeo, na internet, tatuando o jovem. Reis e Araújo foram julgados em fevereiro e condenados por lesão corporal e constrangimento ilegal (mas não tortura).

O primeiro foi condenado a três anos e quatro meses de prisão em regime semiaberto; o segundo pegou três anos e 11 meses. A reportagem não localizou a defesa deles. Advogados de Ruan afirmaram, à época, que ele estava alcoolizado e drogado, viu a porta aberta, entrou e foi pego pelos dois homens. Ruan foi internado em clínica de reabilitação para tratar vício em álcool e crack. Fez sessões de remoção da tatuagem, mas o processo ainda não terminou.

Urgente: TRF-4 rejeita embargos de Lula

Os desembargadores da Oitava Turma do TRF4 - Tribunal Regional Federal da 4ª Região — João Pedro Gebran Neto, Leandro Paulsen e Victor Laus — acabam de rejeitar os embargos de declaração apresentados pela defesa de Lula contra a condenação a 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá.

Com isso, está esgotada a possibilidade de recursos na segunda instância.

Lula será preso imediatamente? Não.

Na semana passada, o STF - Supremo Tribunal Federal deu um salvo-conduto ao petista condenado, impedindo que ele seja encarcerado antes do julgamento do mérito do habeas corpus no Supremo Tribunal Federal - STF, previsto para 04 de abril de 2018.

Diesel e gasolina mais caras: Petrobras reajuste preço da gasolina e do diesel nas refinarias

A Petrobras anunciou hoje (26), no Rio de Janeiro, aumento para o preço praticado nas refinarias para o diesel A e para a gasolina A. Os valores entrarão em vigor amanhã.

Para o diesel, o reajuste foi 1,213%, passando de R$1,8475 na sexta-feira para R$1,8702. Nos reajustes anteriores, o diesel tinha diminuído 0,487%, depois de aumento de 2,068% na quinta-feira.

A gasolina subiu 0,761% em uma sequência de cinco aumentos. Na quinta-feira foi anunciada majoração de 0,92%, no valor de R$1,6404. No anúncio de sexta-feira a tarifa passou para R$1,6431, com aumento de 0,164%.

Segundo a Petrobras, o preço cobrado pela estatal corresponde a 46% da composição do preço ao consumidor do diesel. Na gasolina, o percentual da empresa é 27%.

Agência Brasil

Caso Tríplex – TRF-4 julga nesta segunda-feira recurso de Lula

Será nesta segunda-feira, a partir das 13h30min, o julgamento, pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), com sede em Porto Alegre, do recurso apresentado pela defesa de Luiz Inácio Lula da Silva contra a decisão que o condenou em 2ª instância e aumentou a pena do ex-presidente no caso do triplex em Guarujá (SP). A informação é do Portal G1.

Os três desembargadores da 8ª Turma do TRF-4 decidiram, em julgamento no dia 24 de janeiro, aumentar a pena de Lula para 12 anos e 1 mês de prisão, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro – na primeira instância, ele havia sido condenado pelo juiz Sérgio Moro a 9 anos e 6 meses.

Como a decisão do TRF-4 foi unânime, restou à defesa de Lula a possibilidade de apresentar embargos de declaração à mesma 8ª Turma. Esse tipo de recurso serve para tratar de possíveis omissões, contradições ou obscuridades na sentença. Se o tribunal entender que alguma dessas questões levantadas pela defesa procedem, pode haver alterações, por exemplo, na pena imposta ao ex-presidente.

Por decisão do próprio TRF-4, Lula poderia ser preso assim que acabassem os recursos no tribunal, mas uma decisão provisória do Supremo Tribunal Federal (STF) impede a prisão do ex-presidente até o dia 4 de abril, data em que os ministros do STF devem concluir o julgamento do pedido de habeas corpus preventivo apresentado pela defesa.

No caso do triplex, Lula é acusado de receber o imóvel no litoral de SP como propina dissimulada da construtora OAS para favorecer a empresa em contratos com a Petrobras. O ex-presidente nega as acusações e afirma ser inocente.

Morre o cantor Messias Holanda

Resultado de imagem para messias holandaMorreu, nesta segunda-feira, o cantor e compositor cearense Messias Holanda (76), que ficou conhecido por sucessos como “Pra tirar coco” e “O tamanho da bichona”. A família ainda não divulgou detalhes nem quando ocorrerá o velório e o sepultamento de Messias, que foi vítima de falência múltipla dos órgãos, segundo informou para o Blog o radialista Silvino Neves, que era amigo do artista.

Messias Holanda, natural de Missão Velha (Região do Cariri), ficou conhecido por suas letras irreverentes. Deixa em sua discografia dois discos de 78 rotações, 19 discos mistos, 15 LPS individuais e 11 CDS, além de diversas coletâneas.

Messias Holanda, que ficou com a saúde debilitada após sofrer uma queda em casa, chegou a ganhar dos amigos artistas um show em seu benefício, ano passado. O mais recente trabalho é o DVD Canta e Encanta: Viva Ceará, fazendo uma releitura de seus diversos sucessos como “Mulher de Verdade”, “Pra tirar coco”, “Mariá”, “Adeus Marina”, “Sabiá na Bananeira”, “Vendedora de Rapé” e tantos outros cantados em verso e prosa em todo o Brasil do forró pé-de-serra.

Com blog do Eliomar

Jornal El País estampou manchete “Fortaleza sitiada” sobre onda de ataques do fim de semana

Veja como o jornal El País divulgou os ataques ocorridos no fim de semana em Fortaleza. A manchete da matéria é “Fortaleza sitiada”.
A população da Grande Fortaleza viveu um final de semana de terror. Desde sábado, ônibus foram incendiados, um pátio com 50 carros foi atacado e até a própria Secretaria de Justiça (Sejus) do Estado acabou alvejada por tiros. O conjunto de ações é o retrato de uma cidade sitiada, onde facções, em disputa pelo controle do tráfico, têm promovido assassinatos, expulsado moradores de casa, proibido a circulação em algumas áreas e até obrigado crianças a mudarem de escola. Uma situação que se arrasta desde o ano passado, mas que ganhou contornos ainda mais graves neste ano.

“É possível dizer que as facções estão em guerra entre si”, reconhece o secretário da Segurança Pública e Cidadania, André Costa. Um dos Estados do Nordeste mais estratégicos para a rota internacional de tráfico, devido a maior proximidade com África e Europa e a melhor estrutura de portos e aeroportos, o Ceará entrou no radar das organizações criminosas desde o final da década de 90. Atuam em território cearense a paulista Primeiro Comando da Capital (PCC), a carioca Comando Vermelho (CV), a amazonense Família do Norte (FDN) e a Guardiões do Estado (GDE), criada localmente e que hoje domina a maior parte de Fortaleza.

A consequência desta guerra se expressa nas estatísticas. A quantidade de homicídios no Estado aumentou 50,7% de 2016 para 2017, quando 5.133 pessoas foram assassinadas. Com uma taxa de 83,48 homicídios por 100.000 habitantes, Fortaleza se tornou no ano passado a sétima região metropolitana mais violenta do mundo, segundo um ranking da ONG mexicana Conselho Cidadão para a Segurança Pública e Justiça Penal, divulgado no início deste mês. E os dados deste início de 2018 sinalizam para uma piora no cenário. Nos dois primeiros meses deste ano foram assassinadas em todo Ceará 844 pessoas, número 36% maior do que o dos dois primeiros meses de 2017 (618). Na Grande Fortaleza, houve 51% mais mortes. E, entre as mulheres, o número de mortes saltou quase 300% neste ano, também como consequência da participação delas na linha de frente das facções.

Mais no El País AQUI.

Blog do Eliomar

Ataques no Ceará podem estar associados a bloqueadores em presídios

Uma retaliação de facções criminosas à possível instalação de bloqueadores de celulares em presídios, proposta que tramita em regime de urgência na Câmara dos Deputados, é a explicação que especialistas têm dado aos ataques contra órgãos públicos, ônibus e torres de telefonia no Ceará. A DRACO - Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas da Polícia Civil do Estado do Ceará está responsável pelas investigações. Até agora, não foram apresentadas as linhas de investigação.

Para vencer em outubro Temer lança “pacote eleição”

No momento em que tenta viabilizar uma candidatura à reeleição, o presidente Michel Temer (MDB/SP) prepara uma agenda de inaugurações e anúncios até julho, prazo final permitido pela legislação eleitoral. O "pacote eleição 2018", apelido dado por assessores e auxiliares presidenciais, inclui o reajuste do Bolsa Família, a entrega de moradias populares, a inauguração de terminais em aeroportos e a visita a um hospital já em funcionamento.

sábado, 24 de março de 2018

Ataque à Sejus – Camilo elogia ação da Polícia e diz que Estado não vai se intimidar

Resultado de imagem para Camilo santanaO governador Camilo Santana (PT) repetiu, neste sábado, o discurso que adotou com relação a ataques de facções ou grupos criminosos. Não vai abrir “um só milímetro” do objetivo de enfrentar esses grupos de forma altiva. Ele assegurou que esse tipo de ação não intimidará o Estado.

Elogiou a ação da equipe do secretário da Segurança Pública e Defesa Social do Estado, André Costa, que, no enfrentamento com grupo que atacou o prédio da Sejus, reagiu e matou três bandidos. Disse que a polícia agirá sempre de forma altiva. “A nossa resposta vai ser sempre essa, como foi dada fortemente pela Polícia”, completou.

Camilo deu essa declaração em clima de inauguração de mais uma unidade de segurança pública (Unieseg), desta vez no bairro Antônio Bezerra, em Fortaleza. Na ultima quinta-feira, nesse bairro, houve ataque à agência dos Correios, quando foram deixadas mensagens com ameaças a instituições públicas e privadas e a autoridades como o próprio Camilo Santana.

Prédio da Sejus é alvo de atentado, três bandidos são mortos e Inteligência evitou até granada

O Serviço de Inteligência da Polícia Civil detectou a informação do ataque à Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus) antes de ele ocorrer, informou, neste sábado, o secretário da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), André Costa.

“Ontem à noite, a inteligência detectou a ameaça”, disse Costa, em entrevista na manhã deste sábado, 24, ao participar da instalação de Unidade Integrada de Segurança (Uniseg) na Praça Joaquim Nogueira, no Antônio Bezerra, perto de onde houve ataque a agência dos Correios na noite de quinta-feira, 22. A informação prévia permitiu à Polícia esperar os criminosos. Houve confronto e três morreram.

“Tão logo chegou ao meu conhecimento, determinei que equipes ficassem no guardo para ver se essa ameaça se concretizaria”, relatou o secretário. “A ordem foi de fazer tudo que fosse necessário para estancar esse ataque caso ocorresse”.

Os homens dispararam contra a secretaria. Um deles ia lançar granada contra o prédio, quando foi baleado pelos policiais. O explosivo caiu próximo a ele.

“A gente sempre espera que não haja confronto, mas os bandidos foram efetivamente lá, efetuaram disparos”, disse Costa. “Nem tudo, infelizmente, a gente consegue prever. Quando a gente prevê, a gente vai pra cima. A gente não recua”, reforçou o secretário.

Ele destacou ainda a confiança dos policiais na cúpula para que a reação desse tipo possa ocorrer. “Bom que o policial confia nos seus comandantes, no seu secretário. Sabe que pode fazer o que deve ser feito lá que a gente está aqui apoiando e tivemos esse resultado, esse desfecho”.

Com O POVO Online