Pages

Subscribe:

About

sexta-feira, 18 de outubro de 2019

Neste sábado (19), na loja Famol, show de humor de ofertas imbatíveis e super descontão


Joice Hasselmann defende discutir expulsão do PSL de deputados bolsonaristas

Valter Campanato/ Agência BrasilApós ter acusado o presidente Jair Bolsonaro de "ingratidão", a deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) defendeu nesta sexta-feira que o partido discuta a expulsão de parlamentares aliados a Bolsonaro e que estão atacando a cúpula da legenda, presidida por Luciano Bivar.

Ao chegar para uma reunião da direção nacional da sigla, em Brasília, Joice defendeu representar contra deputados da ala "bolsonarista" no Conselho de Ética do PSL. "A porta da rua é serventia da casa", afirmou. "Alguns têm que ser expulsos." A parlamentar defendeu que um dos alvos seja o deputado Daniel Silveira (RJ), que gravou o líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir (GO), afirmando que iria "implodir" Jair Bolsonaro.

Na avaliação de Joice, mesmo se o deputado Eduardo Bolsonaro (SP) se tornar líder do partido na Câmara - ele tenta novamente colher assinaturas para isso -, o filho de Jair Bolsonaro não terá "legitimidade" para o cargo.

Fernando Henrique Cardoso questiona se Huck vai deixar de ser celebridade e ser líder

Wilson Dias/Agência BrasilNo momento que lança o quarto e último volume do livro "Diários da Presidência", o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) assiste com ceticismo às articulações de Luciano Huck para as eleições de 2022. Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, FHC diz que o apresentador precisa ser líder. "É preciso ver se Huck vai deixar de ser celebridade para ser líder", afirmou.

Em 2018, FHC mostrou simpatia pela ideia de que Huck saísse como candidato e quebrasse a polarização entre PT e Bolsonaro, mas o apresentador desistiu da disputa. Geraldo Alckmin (PSDB), que contou com uma coalizão de centro, teve 4,76% dos votos.

O senhor fala no livro sobre excessos dos procuradores. Vê semelhanças entre abusos da época com supostos abusos da Lava Jato?

Não sei se há paralelo. O que estão tomando como abuso da Lava Jato: a interceptação telefônica. No telefone você fala com naturalidade. E as pessoas trabalham juntas, o procurador e o juiz. É provável que na Lava Jato haja também, como houve no passado, uma visão política. No passado, no meu tempo, era uma visão contra o governo e pró-PT, basicamente. Na Lava Jato pode ter havido uma visão política. Mas o juiz, quando julga, tem fatos. Não dá para dizer que contaminou todo o processo.

Vê abuso na Lava Jato?

Não sei dizer. Na média, a Lava Jato foi positiva. Colocou na cadeia ricos e poderosos que nunca iam presos. Não gosto de ver gente na cadeia, não tenho satisfação, mas não posso deixar de reconhecer que a Lava Jato foi uma reação à corrupção do sistema democrático.

No livro, o senhor fala que o Brasil poderia pagar um alto preço pela eleição do Lula. O preço seria o governo Bolsonaro?

Para o meu gosto, os dois são um preço alto. Mas que eu saiba, não teve nada no governo Bolsonaro até agora que tivesse sido contra a lei. Não votei no Bolsonaro e não apoio o governo, mas é preciso ter equilíbrio nessas coisas. Há liberdade, imprensa livre, Justiça e Congresso funcionando. Outra coisa é discordar das medidas que são tomadas. Não vejo que o governo Bolsonaro tenha incorrido em alguma coisa que fosse crime, contra a lei.

E a suspeita de "rachadinha" no gabinete do filho dele, Flávio Bolsonaro, e a suposta proximidade com milícias?

Mas isso não é ele. Não posso condenar o presidente por sua família. Tem que ver caso a caso. Me parece suspeito que alguém que é ligado à Presidência da República tenha ligações com milícias.

Em 2002, o senhor disse que Lula não estava preparado para ser presidente. Acha que Bolsonaro está?

Estava errado no caso do Lula, não quero fazer a mesma coisa com o Bolsonaro. O que Lula fez que outros não conseguiram? Formar uma maioria, explicar ao país para onde é que vai.

Lula é um preso político?

Não, eu não acho. Pode ter motivação contra ele, inclusive por juízes, mas não é por isso que ele é condenado. É condenado por fatos.

Há um movimento que busca um candidato de centro para evitar os extremos. Luciano Huck poderia ser esse nome?

Eventualmente, sim, mas o que significa isso? Significa que a pessoa tem que exercer a liderança política. Sou amigo do Luciano, etc. Agora, preciso ver se ele vai deixar de ser celebridade para ser líder. Celebridade é uma coisa importante, tem acesso ao povo, mas líder é outra coisa. Se ele fizer esse passo, tem chance. Às vezes pessoas são eleitas sem ter essa qualidade, chegam ao governo e não governam. Ou governam com dificuldade.

O Doria pode ser esse nome?

Ser eleito presidente depende de você entender e lidar com a diversidade do Brasil. Não sei se o Doria tem capacidade de expressar um sentimento nacional.

Morre o cachorrinho que foi resgatado dos escombros em Fortaleza


Lucky, cachorro de uma família de moradores do Edifício Andréa, morreu na madrugada desta sexta-feira, 18. O animal tinha sido resgatado dos escombros do prédio que desabou em Fortaleza ainda no primeiro dia de buscas após o desabamento do prédio. Na casa da moradora Kátia Ramos Nogueira, 40, apenas ele estava presente no momento do acidente. Lucky tinha 10 anos e era da raça dachshund, mais conhecida como "salsicha".

De acordo com a irmã de Kátia, a nutricionista Cibele Nogueira, o cachorro aparentava estar bem no momento que foi resgatado. Ele foi levado ao veterinário para cuidar do machucado que sofreu na cabeça e todos da família acreditavam que o animal de estimação estava livre de perigos. No entanto, durante a madrugada Lucky passou mal e veio a óbito.

Psicóloga e pai, vítimas de desabamento em edifício, têm corpos localizados no mesmo dia


Uma triste coincidência marcou o terceiro dia de buscas por vítimas nos escombros do edifício Andrea, que desabou no bairro Dionísio Torres, em Fortaleza, na última terça-feira (15). O Corpo de Bombeiros localizou nesta quinta-feira (17) os corpos de pai e filha, que morreram na tragédia. Às 23h42, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) confirmou a morte da sexta vítima.

Antônio Gildásio Holanda Silveira, de 60 anos, e a psicóloga Nayara Pinho Silveira, de 31 anos, moravam no prédio e estavam no local no momento da queda da estrutura.

O corpo de Antônio Gildasio foi o primeiro a ser encontrado sob os escombros do prédio e retirado da área por volta das 6h40. Já o corpo de Nayara, foi localizado por volta de meio-dia, mas no momento do resgate, a vítima ainda não havia sido identificada. Com isso, já são seis mortes confirmadas na tragédia, sendo quatro mulheres mortas e dois homens.

No momento do resgate de pai e filha, uma lona escura foi usada para cobrir as vítimas e colocaram os corpos em um veículo da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce). Os corpos foram levados para a sede da Pefoce, no Bairro Moura Brasil.

Gildásio foi identificado pela Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) por meio da impressão digital.

Criança entra em coma alcoólico após matar aula

Caso ocorreu na cidade de Icó, na última quinta-feira (17)
Uma criança de 12 anos deu entrada no hospital em coma alcoólico na cidade de Icó, no interior do Ceará. O caso ocorreu na última quinta-feira (17).

De acordo com informações da mãe da criança, o menino teria saído de casa para assistir aula, quando por volta das volta das 11h, teria recebido uma ligação telefônica da diretora da escola informando que o mesmo estaria passando mal. Os familiares se deslocaram até a unidade de ensino e rapidamente levaram a criança para o hospital.

Segundo a diretora, o menor havia saído da escola e ido para um rio e voltou para o colégio com sintomas de embriaguez. Ainda segundo a diretora, o menino não teria assistido nenhuma aula.

CNews

Homem tomba sem vida na zona rural de Iguatu após briga de faca e roçadeira


Uma briga de roçadeira e faca acabou com um homem morto, na localidade de Piripiri, zona rural de Iguatu, fato registrado na manhã de hoje (18). A vítima foi identificada como Raimundo Fenelon.

A confusão teve início na residência do senhor Francisco Alves da Silva quando Raimundo Fenelon chegou ao local e pediu para entrar. Ao abrir a porta, o Raimundo foi em sua direção com uma faca e começou a aplicar vários golpes contra o mesmo. 
Mesmo após as agressões, Antonio Alves conseguiu desferir golpes de roçadeira contra o agressor que tombou sem vida. A maioria dos golpes na cabeça.

Antonio Alves foi socorrido por uma equipe do SAMU, em estado grave. A polícia está no local colhendo mais informações. Ninguém sabe informar o que teria motivado a briga que terminou em morte.

Idoso é assassinado dentro do próprio comércio

Nestor Rodrigues da Silva foi atingido com cerca de sete tiros
Um homem de 77 anos foi executado dentro de seu comércio, localizado na rua Guimarães Passos, no bairro Autódromo, no município do Eusébio, na Região Metropolitana de Fortaleza, na noite da última quinta-feira (17). 

Segundo informações do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), ele não possuía antecedente criminal.

Nestor Rodrigues da Silva foi atingido com cerca de sete disparos. A Polícia acredita que a morte do idoso tenha sido motivada porque o genro da vítima teria feito alguns inimigos. 

Ainda conforme a polícia, Nestor foi atingido com tiros de pistola ponto 40 e 380. Nenhum suspeito foi preso até o momento.

CNews

Disfunção erétil: veneno de aranha é usado para criar remédio que também ajudará mulheres

Problemas no Quarto de Dormir : Foto de stockUm novo medicamento promete ajudar no combate à disfunção erétil. Desenvolvido pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em parceria com a Fundação Ezequiel Dias (Funed), ele foi feito com base no veneno de uma espécie de aranha. A toxina é capaz de provocar ereções prolongadas. 

Como o medicamento é aplicável em gel, ele pode ser usado, inclusive, por mulheres que atualmente não encontram muitas possibilidades no mercado. Testes pilotos já foram feitos em humanos e constataram um aumento de 100% da pressão sanguínea no local aplicado. 

Pesquisadora do programa de pós-graduação da Santa Casa e professora aposentada da UFMG, Maria Helena de Lima explica que as moléculas que causam a ereção no veneno da aranha foram isoladas e diminuídas. “O veneno é como uma mistura de pequenas moléculas”, explica.

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que 30% da população masculina no Brasil enfrenta algum tipo de disfunção erétil. Conforme a professora, o problema, em 2025, deve atingir 300 milhões de pessoas no mundo. 

Melhor que o viagra 

De acordo com Maria Helena, o medicamento é melhor do que o viagra, um dos mais utilizados contra a disfunção erétil. Isso porque o popularmente conhecido como ‘azulzinho’ é contraindicado para pacientes com doenças crônicas, como a diabetes e a hipertensão. 

No caso de quem tem diabete, o tecido vascular pode estar destruído e a pessoa não responde ao medicamento. Além disso, o medicamento pode ser um risco com utilização em conjunto a remédios contra a pressão alta.

'Esperava mais respeito e gratidão', diz Joice Hasselmann, destituída da posição de líder

Valter Campanato/Agência Brasil)
Destituída da posição de líder do governo no Congresso, a deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) afirmou que o presidente Jair Bolsonaro usou a Presidência da República para interferir no Legislativo. "O próprio presidente estava ligando e pressionando deputados para assinar uma lista", disse, em referência à tentativa do presidente de fazer seu filho, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), líder da bancada do PSL na Câmara.

A sra. esperava ser afastada da liderança do governo?

Já esperava como retaliação, mas com um pouco mais de respeito, fidalguia e gratidão por todo esse tempo que eu me dediquei. Afinal de contas, carreguei muitas coisas nas costas, apaguei incêndios e atuei para construir pontes quando o governo atuou para implodir. Mas sabia que a gratidão não está entre as qualidades que cercam o presidente.

Já pensava em deixar o cargo?

Na semana passada, comuniquei ao meu partido que eu mesma deixaria a liderança. A Presidência da República estava sendo usada para interferir em outro poder, que é o Legislativo. O próprio presidente estava ligando e pressionando deputados para assinar uma lista.

Por que não assinou a lista de Bolsonaro que pedia para Eduardo ser o novo líder?

Eduardo seria o pior dos líderes. Ele não é nada conciliador.

Como deve ser a atuação da senhora a partir de agora?

Vou continuar minha luta no combate à corrupção. Vou continuar apoiando o presidente nas pautas em que ele realmente estiver ao lado do Brasil. Vou me dedicar ainda mais pelo mandato e à campanha pela Prefeitura de SP.

Sábado será "Dia D" de vacinação contra o sarampo

Neste sábado (19), será realizado em todo o país o “Dia D de Vacinação contra o Sarampo”. A data é uma mobilização para estimular pessoas a se imunizarem contra a doença, cujos casos vêm crescendo no país nos últimos meses. Postos de saúde estarão abertos para receber os interessados em se proteger contra o sarampo ou que não tenham tomado todas as doses.

O “Dia D” faz parte da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo, lançada no dia 7 de outubro pelo Ministério da Saúde, em parceria com secretarias estaduais e municipais.

A mobilização nacional de amanhã integra a primeira fase da campanha, até 25 de outubro, voltada a crianças com idade entre seis meses e 4 anos. Os bebês de até um ano apresentam coeficiente de incidência da doença de 92,3 a cada 100 mil habitantes, 12 vezes maior do que as demais faixas.

Na segunda etapa, programada para o período entre 18 e 30 de novembro, o foco será em pessoas de 20 a 29 anos. Essa faixa inclui a maioria do número de casos confirmados da doença, com 1.694, embora com coeficiente menor (13,2 casos a cada 100 mil habitantes) devido ao número de brasileiros nessa faixa de idade.

Devem ser vacinados os bebês de seis meses a 1 ano, que tomarão a chamada “dose 0”. As crianças de 1 a 5 anos devem receber duas doses, uma aos 12 meses e outra aos 15 meses. Em caso de aplicação de apenas uma das doses, é preciso se dirigir aos postos para realizar o complemento da segunda.

O objetivo é vacinar 39 milhões de pessoas ao longo da campanha, cerca de 20% dos brasileiros. Foram disponibilizadas neste ano 60,2 milhões de doses da tríplice viral, que imuniza contra sarampo, caxumba e rubéola. Para o próximo ano, o ministério anunciou a aquisição de mais 65,2 milhões de doses. O público-alvo será ampliado, abrangendo também as faixas de 50 a 59 anos.

Casos
Segundo o último boletim epidemiológico do Ministério da Saúde sobre Sarampo, de janeiro até outubro deste ano já haviam sido confirmados 6.640 casos e seis mortes. No período de 7 de julho a 29 de setembro, foram registrados 5.404 casos confirmados, enquanto 22.564 ainda estão em investigação. Outras 7.554 suspeitas foram descartadas. O período concentrou 81% dos casos confirmados neste ano.

Esses episódios ocorreram em 19 unidades da Federação, sendo a quase totalidade em São Paulo, com 5.228 casos (96,74%), em 173 cidades, principalmente na região metropolitana da capital paulista. Em seguida vêm o Paraná (39 casos, em 10 cidades), o Rio de Janeiro (28, em 9 municípios), Minas Gerais (25, em 8 localidades) e Pernambuco (24, em 8 cidades).

Como os registros estão em municípios específicos, quem quiser mais informações deve buscar a Secretaria de Saúde do estado para saber se a sua cidade está entre os locais de ocorrência da doença. Entre as mortes, cinco foram em São Paulo e uma em Pernambuco.

Sarampo
Causado por vírus, o sarampo é uma doença infecciosa grave, que pode levar à morte. A transmissão ocorre por via aérea, ou seja, quando a pessoa infectada tosse, fala ou respira próximo de outras pessoas.

Mesmo quando o paciente não morre, há possibilidade de a infecção ocasionar sequelas irreversíveis. Quando a doença ocorre na infância, o doente pode desenvolver pneumonia, encefalite aguda e otite média aguda, que pode gerar perda auditiva permanente.

Os sintomas do sarampo são febre acompanhada de tosse, irritação nos olhos, coriza (nariz escorrendo ou entupido) e mal-estar intenso. Quando o quadro completa de três a cinco dias, podem aparecer manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas.

A prevenção ao sarampo, feita por meio da vacinação, é fundamental, já que não há tratamento para a doença. O tipo de vacina varia conforme a idade da pessoa e a situação epidemiológica da região onde vive, ou seja, é necessário levar em conta a incidência da doença no local. Quando há um surto, por exemplo, a dose aplicada pode ser do tipo dupla viral, que protege contra sarampo e rubéola.

Existem ainda as variedades tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola) e tetra viral (sarampo, caxumba, rubéola e varicela, mais conhecida como catapora). As vacinas estão disponíveis em unidades públicas e privadas de vacinação. Segundo o Ministério da Saúde, o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece doses gratuitamente em mais de 36 mil salas de vacinação, localizadas em postos de saúde de todo o Brasil.

O governo brasileiro recomenda que pessoas na faixa de 12 meses a 29 anos de idade recebam duas doses da vacina. Para a população com idade entre 30 a 49 anos, a indicação é de uma dose.

Recentemente, o Brasil perdeu o certificado de eliminação da doença. Na semana passada, passaram a apresentar semelhante condição quatro países da Europa: o Reino Unido, a Grécia, República Tcheca e Albânia. De acordo com o ministério, no primeiro semestre deste ano, o Cazaquistão, a Geórgia, Rússia e Ucrânia concentraram 78% dos casos registrados na Europa.

Farmácia do Ricardo

Na Farmácia do Ricardo você encontra produtos da marca "Turma da Xuxinha" com preço promocional!

Compre a colônia para o seu bebê por apenas R$10,50. A Colônia Turma da Xuxinha perfuma o bebê proporcionando uma sensação de frescor e aquele cheirinho sem igual.

Encontre também o creme contra assaduras por apenas R$9,90. Este produto conta com o exclusivo Pró Milk (proteína de trigo hidrolisada), que preserva a hidratação natural da pele sensível do bebê.
Então venha aproveitar estes e outros produtos que estão com preços promocionais na Farmácia do Ricardo! Nós queremos sempre fazer o melhor por você!

Farmácia do Ricardo

Rua: José Maria Veras, 2080, Centro | Camocim-CE. Tel.: (88) 3621-0180.
Parcelamos suas compras em até 6x no cartão com preço de à vista.
Siga nossas Redes Sociais:
Facebook: @farmaciadoricardo | Instagram: @farmaciadoricardo

Bispo diz ao Papa que crescimento dos evangélicos no Brasil é resultado de erros católicos

-
Foto: Reprodução
O tom de autocrítica marcou o discurso de dom Wilmar Santin no Sínodo da Amazônia. O bispo católico atua na região de Itaituba (PA), na fronteira com os estados de Mato Grosso e do Amazonas, e disse que o crescimento dos evangélicos no Brasil é consequência dos erros da própria Igreja Católica.

Dom Wilmar Santin afirmou que a ausência católica na região amazônica tornaram a região um campo fértil para missões evangélicas, e que a ação pastoral da Igreja Católica deve mudar numa tentativa de reverter a situação.

“Percebo duas falhas nossas: não estamos conseguindo chegar a tempo em todos os lugares onde o povo está, porque tudo está muito centralizado na figura do padre”, disse o bispo numa das entrevistas coletivas diárias que são realizadas no período do Sínodo.

De acordo com informações da agência RBS, os católicos precisam alterar a forma de organização da Igreja, para torná-la menos morosa: Precisamos mudar um pouco a estrutura para que a igreja seja mais ágil, que vá mais para frente, não seja tão lenta nas decisões e não dependa só dos padres. Temos que mudar não para competir com os outros, mas para que a nossa missão seja cumprida com maior eficiência”, argumentou Santin.

Na entrevista, ele relatou uma conversa que teve com um homem que havia sido católico e tinha padres e uma freira na família. Eles se encontraram próximo ao garimpo Água Branca, no Pará, onde ele se tornou evangélico.

“Eu perguntei para ele o motivo, ele me respondeu: Quando eu cheguei aqui, não tinha Igreja Católica. Eu queria escutar a palavra de Deus, fui na Assembleia de Deus e estou lá até hoje. (…) Não estamos pregando como deveríamos, em todos os lugares. Tanto é que um católico teve que matar a sua fome de escutar a palavra de Deus numa igreja vizinha”, disse o bispo, sem expressar nenhum tipo de desrespeito pela denominação pentecostal.

Ele tem atuado junto à tribo munduruku, que ocupa uma área de 175 mil quilômetros quadrados. Nos últimos anos, Santin revelou que passou a intensificar a ação pastoral católica entre os índios, formando ministros da palavra, responsáveis por fazer pregações nas próprias comunidades: “Iniciamos em 2017 e temos 48 ministros da palavra pregando na própria língua”, contou.

Uma jornalista italiana o questionou sobre a existência de infanticídio entre os indígenas, e o bispo afirmou que a prática de matar crianças que nasciam com alguma deficiência ou que tinham “mãe solteira” não existia mais entre os munduruku. Ato contínuo, questionou: “E os abortos que se fazem por aqui, na civilização?”. Silêncio.

Via Gospel + / por Tiago Chagas

Aprece realiza 1º congresso dos municípios cearenses

Resultado de imagem para Aprece realiza 1º congresso dos municípios cearenses
A Associação dos Municípios do Estado do Ceará atua, há décadas, no intuito de fortalecer as gestões municipais cearenses. Como marco concreto dessa missão, a entidade lançou se a um novo desafio: realizar, entre os dias 16 e 18 de outubro de 2019, o I Congresso de Municípios Cearenses – I CoMCe: Gestão, Conhecimento e Soluções.

O Congresso fomentará a reflexão e discussão sobre os rumos da gestão pública municipal, integrando em um mesmo ambiente a pauta ligada ao governo municipal; a Feira Soluções para a Saúde – Edição Ceará, da Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz) ; a III Feira do Conhecimento, promovida pelo Governo do Ceará, através da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece) e Instituto Centec. A abertura oficial conjunta dos três eventos parceiros aconteceu ontem, 16.
“O nosso esforço é para levar capacitação, novos projetos, oportunidades para as gestões”, frisou o presidente da Aprece, Nilson Diniz. “Os municípios tem muitos desafios que precisam ser enfrentados com planejamento”, disse.

Mais dois corpos são retirados dos escombros do prédio que desabou em Fortaleza

Resultado de imagem para tragédia em Fortaleza sexta vítima
Os trabalhos de busca das vítimas do desabamento do Edifício Andrea continuam durante toda a noite de hoje e a madrugada desta sexta-feira,18. 
Equipes do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE) retiraram, na noite desta quinta-feira, 17, mais dois corpos dos escombros do Edifício Andrea, prédio que desabou em Fortaleza na última terça.

Por volta das 19 horas, o corpo de Maria da Penha Bezerril Cavalcante, de 81 anos, foi resgatado. Ela é a segunda pessoa cujo óbito foi confirmado pelos Bombeiros, mas que permanecia sob os destroços do prédio.

Já às 21h10min, o corpo de Rosane Marques de Menezes, de 56 anos, foi retirado do local. Ela é a sexta vítima fatal do desabamento. Outras quatro pessoas foram reportadas por parentes como presentes no edifício no momento do desmoronamento e seguem como desaparecidas. Sete pessoas foram resgatas com vida pelos Bombeiros.

Até o momento, seis vítimas fatais retiradas pelo Corpo de Bombeiros foram identificadas pela Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce). São eles: Rosane Marques de Menezes (56), Maria da Penha Bezerril Cavalcante (81), Nayara Pinho Silveira (31), Antônio Gildasio Holanda Silveira (60), Izaura Marques de Menezes (81) e Frederick Santana dos Santos (30).

Os trabalhos de busca das vítimas do desabamento do Edifício Andrea continuam durante toda a noite de hoje e a madrugada desta sexta-feira, 18. Servidores do Sistema de Segurança cearense atuam de forma ininterrupta nas buscas por sobreviventes.

As informações são da SSPDS

Caso de bebê que nasceu sem rosto causa polêmica em Portugal

-
O caso de um bebê que nasceu sem olhos, nariz e parte do crânio, na cidade de Setúbal, em Portugal, criou uma enorme polêmica no país. Isso porque, o obstetra que supostamente acompanhou a gestação não teria detectado malformações graves no bebê.  

De acordo com informações do ‘Correio da Manhã’, os pais do bebê fizeram três ecografias com o médico e não foram informados de qualquer malformação. Somente em um exame feito em outra clínica, uma ecografia 5D, que os pais foram avisados para a possibilidade de haver malformações. Questionaram o médico que os seguia e o profissional teria garantido que estava tudo bem com bebê, afirmou um familiar.

As complicações só foram detectadas depois do parto e os pais apresentaram queixa ao Ministério Publico português contra o médico. Ainda segundo o ‘Correio da Manhã’, o Hospital de São Bernardo abriu um inquérito para averiguar este caso.

O bebê, chamado Rodrigo, completa hoje 10 dias, apesar de o prognóstico inicial lhe dar apenas algumas horas de vida.

O médico envolvido no caso, Artur Carvalho, trabalha no Hospital São Bernardo, em Setúbal, e em uma clínica privada que fica junto à unidade hospitalar.

Segundo o Correio da Manhã, o Ministério Público já tinha investigado o médico, em um processo semelhante de malformações, de 2011, mas o caso que acabou arquivado. A Ordem do Médicos de Portugal informou que o médico tem quatro processos em instrução no conselho disciplinar sul da Ordem.

Vergonha! Deputado do PSL agride jornalista e lança celular no chão; veja o vídeo

-
Reprodução/Twitter
O Deputado é o mesmo que quebrou placa de Marielle, vereadora assassinada no Rio de Janeiro
O deputado Daniel Silveira aparece em vídeo divulgado nas redes sociais, arremessando o celular do jornalista Guga Noblat no chão. Durante o vídeo, é possível ver o deputado batendo na mão do repórter.

Em outro momento no vídeo, a fala do deputado é gravada.”Arremessei. E aí irmão? Te bati, babaca. Vai no STF e me processa. Tu é um babaca, rapaz”, diz o deputado no vídeo.

O deputado ficou conhecido em 2018 por quebrar uma placa com o nome de Marielle Franco enquanto discursava em um comício eleitoral no Rio de Janeiro ao lado do então candidato a governador, Wilson Witzel (PSC).
Veja o vídeo:


Carlos Bolsonaro se passa por Jair Bolsonaro no Twitter e publica mensagem pressionando STF

Reprodução/Instagram
O filho do presidente Jair Bolsonaro, o vereador Carlos Bolsonaro (PSC), assumiu, nesta quinta-feira (17), que escreve na conta do Twitter do pai e pediu desculpas por ter se posicionado a favor da aprovação, pelo Supremo Tribunal Federal (STF), da prisão em segunda instância.

“Aos que questionam, sempre deixamos clara nossa posição favorável em relação à prisão em segunda instância. Proposta de Emenda à Constituição que encontra-se no Congresso Nacional sob a relatoria da Deputada Federal @CarolDeToni”, postou Carlos Bolsonaro, na conta do presidente da República.
Segundo matéria publicada na revista Época, um dos ministros do STF não gostou do comentário e procurou o presidente para reclamar. Logo depois, Carlos apagou a publicação se desculpou na sua conta pessoal.

“Eu escrevi o tweet sobre segunda instância sem autorização do Presidente.  Me desculpem a todos! A intenção jamais foi atacar ninguém! Apenas expor o que acontece na Casa Legislativa”, disse o vereador.
Veja:
Eu escrevi o tweet sobre segunda instância sem autorização do Presidente. Me desculpem a todos! A intenção jamais foi atacar ninguém! Apenas expor o que acontece na Casa Legislativa!
4.740 pessoas estão falando sobre isso

Deputada não segue pedido de Bolsonaro e presidente é derrotado ao tentar derrubar líder do PSL

-Foto: Reprodução / FacebookFoto: Reprodução / Facebook
Não deu certo a tentativa da ala bolsonarista do PSL de derrubar Delegado Waldir do comando do partido na Câmara Federal, a pedido do presidente Jair Bolsonaro (ouvir áudio abaixo).

A Secretaria-Geral da Mesa da Câmara informou que o requerimento de apoio à permanência do parlamentar como líder do PSL teve 29 votos, enquanto as duas listas pedindo Eduardo Bolsonaro como líder contaram com 26 e 24 assinaturas, respectivamente.

Apontada como uma das deputadas mais próximas do presidente Bolsonaro, que está em uma disputa pública contra o presidente nacional do PSL, Luciano Bivar, e tentou articular a queda de Waldir, Dayane Pimentel não assinou a lista pró-Eduardo Bolsonaro.

Sua assinatura constava no requerimento pela permanência de Waldir, apoiado pela ala pró-Bivar.

Se apoiasse a ascensão de Eduardo Bolsonaro à liderança do PSL, Dayane correria o risco de perder a presidência do PSL baiano. Nesta quarta (16), Luciano Bivar destituiu a deputada federal Bia Kicis do comando do PSL no Distrito Federal.

Dayane rebate críticos:

Em seu Twitter, Dayane Pimentel disse que não ficou contra Bolsonaro, pediu transparência no PSL e justificou que “assinou a lista que me pediram para assinar”.

“Apoiei Eduardo para embaixada, e o apoiarei sempre que necessário. Apoio o Presidente Bolsonaro dia e noite, apoio toda equipe governamental. Cobram o que mais de mim? Minha anulação como ser humano, meu ‘amém’ para absolutamente tudo mesmo quando não sou consultada?”, escreveu, questionando os críticos.

“Não existe ele x nós, Existem opiniões e momentos. Sou firme com o governo e não deixarei que intrigas desnecessárias desabonem minha conduta inquestionavelmente ilibada”, acrescentou a baiana.

Bolsonaro “grampeado”:

Em um áudio que vazou na noite desta quarta-feira, Bolsonaro pede a um deputado – que não foi identificado – apoio para conseguir assinaturas suficientes para retirar Waldir do posto de líder do partido.

Na ligação, o presidente diz que “não tem outra alternativa” a não ser derrubar Waldir por meio de uma lista.

Nesta quinta, em entrevista a jornalistas, ele reclamou de ter tido a conversa gravada. “Eu falei com alguns parlamentares. Me gravaram? Deram uma de jornalista? Eu converso com deputados. Eu não trato publicamente desse assunto. Converso individualmente. Se alguém grampeou o telefone…Primeiro, é uma desonestidade”, falou.

Ouça:

Flávio e Eduardo Bolsonaro são destituídos de diretórios do PSL

Flávio e Eduardo Bolsonaro: conversas com os candidatos (Pedro Ladeira/Folhapress)
Os filhos do presidente Jair Bolsonaro, o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), foram destituídos dos comandos dos diretórios do Rio de Janeiro e São Paulo, respectivamente.

Segundo o deputado Coronel Tadeu (PSL-SP), ambos foram desligados nessa semana. Desde segunda-feira, Eduardo não tinha mais acesso ao sistema do partido. O partido também lhe tirou uma senha que possibilitava a ele operar o sistema da legenda.

O presidente do partido, Luciano Bivar, no entanto, disse que ainda não assinou as destituições. “Está tudo em processo lá no partido, mas não assinei nada”, afirmou.

As destituições são mais um capítulo da crise interna do partido que opõe parlamentares que apoiam Bivar aos aliados do presidente da República.

Como revelou o Radar, na manhã desta quinta-feira, 17, o grupo de bolsonaristas do PSL sofreu uma dura derrota com a consolidação do deputado Delegado Waldir (PSL-GO) como líder da bancada na Câmara. A estratégia de protocolar duas listas com um pedido de destituição de Waldir e a nomeação de Eduardo para o cargo falhou.

Bolsonaro havia atuado pessoalmente para tentar derrubar Waldir. Em áudio vazado, ele pediu a parlamentares da sigla que assinassem a lista para destituir o deputado e apoiassem o nome do seu filho, Eduardo, para o posto. O pedido foi gravado por um deputado não identificado.

Em outro áudio vazado, obtido por VEJA, Waldir afirmou, em reação à articulação de Bolsonaro, que vai “implodir” o presidente da República. “Eu vou implodir o presidente. Aí eu mostro a gravação dele. Eu tenho a gravação. Não tem conversa. Não tem conversa, eu implodo o presidente. Acabou. Acabou o cara. Eu sou o cara mais fiel a esse vagabundo. Eu votei nessa p., eu andei no sol em 246 cidades, andei no sol gritando o nome desse vagabundo”, disse o líder do partido.

Também nesta quinta-feira, Bolsonaro retirou a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) da liderança do governo no Congresso. O substituto no cargo será o senador Eduardo Gomes (MDB-TO). Ele é vice-líder do governo no Senado atualmente. Em entrevista a VEJA, Hasselmann disse que o gabinete da presidência se transformou em “instrumento de coação”.

“O presidente chama e diz ‘tem que assinar, se não quiser assinar não tem problema, mas está contra mim’. Essa transformação do gabinete da presidência em instrumento de coação, eu não concordei com isso, não assinei a lista [pró-Eduardo], assinei a outra e sabia que teria consequências”, relata Joice Hasselmann, que lembra ter sido o próprio Eduardo Bolsonaro quem defendeu a escolha de Waldir para a liderança do partido na Câmara, no início da atual legislatura.

Sobre o áudio em que Delegado Waldir diz que vai “implodir” Bolsonaro, a deputada afirma que é uma “bobagem”. “Bobagem por bobagem, o presidente disse muitas frases que pegaram muito mal. Não dá pra condenar um deputado que falou uma frase que foi infeliz”, pondera.

Veja

Frota apresentará pedido de impeachment contra Jair Bolsonaro

-Foto: Reprodução / Agência Brasil
Foto: Reprodução / Agência Brasil
Alexandre Frota (PSDB) deve apresentar um pedido de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro (PSL). De acordo com o site RD1, o roteiro do ex-ator passa pelo mesmo que fizeram contra Fernando Collor de Mello.

Na época, o ex-presidente Collor foi cassado pela compra de um carro com dinheiro ilícito de campanha. Agora Frota quer mostrar que o dinheiro ilícito da campanha do PSL foi usado na campanha do atual presidente.

O site ainda narra que a Record recebeu uma coleção de áudios gravados por deputados contra Jair Bolsonaro e isto pode ser incluído no processo.

Morre menino que teve dinheiro de campanha para tratar doença desviado pelo pai

-Foto: reprodução/Facebook
Foto: reprodução/Facebook
O menino João Miguel, de dois anos, morreu nesta quinta-feira (17), na cidade de Conselheiro Lafaiete, em Minas Gerais. A criança, diagnosticada com atrofia muscular espinhal (AME), ficou conhecido nacionalmente após ter uma parte do dinheiro arrecadado para tratar a doença roubado pelo próprio pai.

O suspeito, identificado como Mateus Henrique Leroy Alves, foi detido em Salvador, em julho deste ano, após ser denunciado pela mãe da criança. Conforme a Polícia Civil de MG, o homem iria utilizar o dinheiro para abrir um prostíbulo na capital baiana. Ele é suspeito de desviar cerca de R$ 600 mil da campanha, que conseguiu arrecadas mais de R$ 1 milhão em um ano e meio.

Ataque ao carro de Prisco na frente da ASPRA foi armação, sustenta perito; SSP não nega

-Foto: WhatsApp
O ataque ao deputado estadual e coordenador da Associação de Praças da Polícia Militar (ASPRA), Marco Prisco, pode ter sido uma armação. A tese é sustentada por um perito criminal ouvido pela reportagem do Aratu Online, que analisou vídeos e fotografias feitos momentos depois do suposto atentado, que aconteceu no bairro da Saúde, Centro de Salvador, na madrugada da última quarta-feira (16/10). 

O profissional, assim como todos os peritos criminais, é ligado à Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA). O técnico analisou as provas a pedido da reportagem e não pode ter seu nome divulgado. 

A primeira teoria é a de que disparos tenham sido feitos da parte interna do automóvel, modelo Ka, onde dois seguranças do parlamentar e líder da ASPRA estavam. “Quando existe impacto, o projétil carrega com ele uma energia e uma série de elementos para a direção em que ele está partindo. Isso quer dizer que, se saiu de dentro para fora, ele marca. As fraturas constatadas estavam para fora”. 

quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Bolsonaro desiste de indicar Eduardo para embaixada nos EUA

-Wilson Dias/Agência Brasil
Wilson Dias/Agência Brasil
O presidente Jair Bolsonaro (PSL) teria decidido suspender a indicação de seu filho Eduardo Bolsonaro para o posto de embaixador do Brasil nos Estados Unidos. Os motivos são a crise no PSL e a falta de votos no Senado para a aprovação. 

Segundo a Revista Época, fontes contaram que a chance de Bolsonaro enviar a indicação em 2019 é “zero”. Elas afirmaram que a ideia deve ser retomada em 2022, quando Eduardo estará no fim de seu mandato.

Pai e filho se reuniram nesta quinta-feira (17) para conversar sobre a crise no PSL e o papel do deputado na Câmara, diante da disputa interna pela liderança. Para justificar a desistência, o presidente deve dizer que precisa de Eduardo colaborando na articulação política aqui no Brasil.

Modelo sai de casa com o marido na Serrinha e desaparece

O caso já está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP)
Uma mulher identificada como Maria Lucilene da Silva Monteiro, de 38 anos, saiu com o marido na última terça-feira (15), e não apareceu mais em casa.

De acordo com a família, ela foi vista pela última vez saindo de casa com o marido de carro, de um condomínio no bairro Serrinha. Ela tem uma filha de 12 anos, mas na noite em que desapareceu ela estava dormindo na casa da avó.

A família de Lucilene disse que ela saiu com o marido, em seguida ele voltou para casa e até agora a esposa não apareceu. Depois que ele voltou para o condomínio, ele saiu novamente e ninguém conseguiu ter mais nenhum contato com ele.

Familiares de Lucilene disseram que ela sempre foi muito responsável e trabalha há muito tempo no mesmo lugar. A família está desesperada a procura de Lucilene. O caso já está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

CNews