Pages

Subscribe:

About

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Câmara acata TCM e ex-prefeito Chico Vaulino tem sua quarta conta de governo desaprovada

RUMO AO PENTA? CONTAS DE 2010 
PODEM SER DESAPROVADAS 
O Prefeito de Camocim, Chico Vaulino (PP), conseguiu um "tetra", que nenhum gestor em tempos de Lei da Ficha Limpa, almeja. Na sessão legislativa desta Segunda-feira (14), A Câmara de Camocim manteve o o parecer do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), que desaprovava, pela quarta vez, as contas de governo do Ex-Prefeito Chico Vaulino, referente ao ano de 2008. O mesmo aconteceu com suas contas de 2006,  2007 e 2009. Em todas elas o tribunal encontrou irregularidades. Uma das falhas mais graves foi a não aplicação dos 25% no setor da educação, afrontando assim uma lei federal. 
Além das 4 contas de governo desaprovadas, o Ex-Prefeito Chico Vaulino (PP) já contabiliza outras 4 contas de gestão também desaprovadas. Ele conseguiu o feito inédito de ter uma conta desaprovada enquanto foi chefe de gabinete dele mesmo. Chico Vaulino, que precisava de 10 votos a seu favor, obteve 8, sendo que conta com apenas 5 vereadores, aliás, 4, já que existe a especulação de que seu cunhado, o Presidente da Câmara, Régis da Ipu, conhecido também como Régis da Hilux, devido ao aluguel de 19 veículos por parte da Câmara de Vereadores, pode já estar aliado ao grupo do Deputado Estadual Sérgio Aguiar (PROS). Explica-se a situação: 
Os outros 3 vereadores que seu grupo acusou de traição, sendo que foram apedrejados politicamente e na vida pessoal, devem ter votado ironicamente a favor dele, sabendo,  claro, que seus votos não mudariam a situação de Chico Vaulino. A bancada da situação contabilizou 6 votos a favor do TCM. A ausência foi da Vereadora Lúcia da Ematerce (PROS). Chico Vaulino segue como um dos políticos cearenses mais "sujos" do estado, sendo que em breve, terá que prestar contas à justiça das irregularidades que cometeu à frente da Prefeitura de Camocim, de 2005 a 2012.
Fonte: Camocim Online

0 comentários:

Postar um comentário