Pages

Subscribe:

About

quarta-feira, 31 de julho de 2019

Barroquinha e mais 19 municípios do Ceará em estado de emergência por causa da seca

Resultado de imagem para barroquinha ce
O Governo Federal reconheceu situação de emergência em mais 20 municípios do Ceará por conta da seca. O Estado já totaliza 43 municípios nesta situação desde janeiro deste ano. A lista das cidades foi divulgada em nova portaria, publicada no Diário Oficial da União nesta quarta-feira (31).

O reconhecimento foi feito pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), com base em decreto estadual para o mesmo fim.

O decreto de emergência facilita o recebimento de auxílio, inclusive de recursos, da Defesa Civil Nacional. Para isso, estados e/ou municípios precisam obter o reconhecimento federal de situação de emergência ou calamidade pública.
No último dia 22 de julho, outros 22 municípios cearenses foram declarados em estado de emergência por causa da seca.

Segundo o Ministério do Desenvolvimento Regional, os reconhecimentos de situação de emergência ou calamidade pública tem vigência por 180 dias e não podem ser renovados.

O decreto ocorre quando há desastre e necessidade de estabelecer uma situação jurídica especial, que permita o atendimento às necessidades temporárias de excepcional interesse público.

Desde janeiro deste ano, 43 municípios cearenses tiveram a situação de emergência reconhecida pelo Ministério do Desenvolvimento Regional.

Confira os municípios que entraram na lista:

1. Acopiara
2. Aracati
3. Araripe
4. Assaré
5. Barreira
6. Barroquinha
7. Bela Cruz
8. Caucaia
9. Cedro
10. Choró
11. Crato
12. Farias Brito
13. Icapuí
14. Jardim
15. Madalena
16. Missão Velha
17. Ocará
18. Quixeramobim
19. Tabuleiro do Norte
20. Tamboril.

Com Blog do Lindomar Rodrigues

ALCE retoma sessões plenárias nesta quinta-feira

Plenário da Assembleia Legislativa do Estado do CearáAs atividades da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará serão retomadas na quinta-feira (01/08), com o fim do recesso parlamentar. Conforme comunicado do diretor do Departamento Legislativo da AL, Carlos Alberto Aragão, a  primeira sessão ordinária do segundo período legislativo de 2019 acontece a partir de 9h, no Plenário 13 de Maio.

"As sessões ordinárias e solenes, audiências públicas e reuniões de comissões técnicas voltam a ser realizadas normalmente", informa Carlos Alberto.

Na pauta do expediente que será lido na abertura da sessão ordinária desta quinta-feira, 10 projetos de autoria parlamentar iniciam tramitação. Entre eles, o projeto de lei de n° 423/19, de autoria do deputado Nizo Costa (PSB) que inclui a Caminhada em Honra a Nossa Senhora de Fátima no calendário oficial de eventos do Estado do Ceará, realizada anualmente no dia 13 de maio no município de Assaré.

Já entre os projetos de indicação, está o de n° 257/19 do deputado Bruno Pedrosa (PP) que solicita a introdução dos idiomas Mandarim, Japonês e Coreano nos cursos de língua estrangeira nas unidades dos Centros Cearenses de Idioma. Também passa a tramitar nesta quinta-feira o projeto de indicação do deputado Apóstolo Luiz Henrique (PP) de n° 261/19, que institui o Programa Estadual de Educação em Saúde Mental.

Sobral de Prima

Associação de Imprensa do Ceará empossa nova diretoria no sábado

A nova diretoria da Associação Cearense de Imprensa, que cumprirá o período 2019/2022, tendo à frente o atual presidente Salomão de Castro, será empossada neste sábado. O ato ocorrerá a partir das 9 horas, na sede da entidade (Centro). A eleição em clima de chapa única ocorreu no dia 7 de junho último.

Segundo Salomão de Castro, entre as metas da nova gestão estão a retomada dos prêmios de jornalismo, o projeto de criação de um Museu da Imprensa em Fortaleza e o estreitamento dos vínculos com a Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e as associações de imprensa de outros estados, principalmente as do Nordeste (Pernambuco, Paraíba e Bahia).

Salomão promete expor, durante o ato de posse, o novo modelo das redes sociais da entidade, bem como o site da ACI, cujo projeto segue em desenvolvimento.

Diretoria da ACI

Diretoria Executiva: presidente: Salomão de Castro; vice-presidente: Gutemberg Figueredo; 1º secretário: Paulo Paiva; 2º secretário: Ademir Costa; 1º tesoureiro: Antonio Galdino; 2º tesoureiro: Antonio Edísio; diretora de Comunicação Social: Márcia Catunda; diretor de Patrimônio: Flávio Vasconcelos; diretor de Biblioteca e Hemeroteca: Nilton Melo Almeida; diretor de Atividades Sociais e Culturais: Helly Ellery; suplentes: Emília Augusta Bedê e Wagner Paiva.

Também serão empossados, no Conselho Fiscal, Rita Silveira (presidente), Mara Cristina Castro e Vicente Alencar, como titulares, além dos suplentes Antonio Lima Júnior, Sylvia Helena Braun e Telma Costa.

Já a Comissão de Ética da ACI terá como integrantes Wilame Moura (presidente), Arleni Portelada (vice-presidente), Antônio Reinaldo Oliveira (secretário), Adísia Sá e Gilson Moreira.

SERVIÇO

Associação Cearense e Imprensa – Rua Floriano Peixoto, 735 – Centro.

Foto: Facebook
Blog do Eliomar

Após rebelião, governo do Pará convoca 642 agentes penitenciários para reforçar sistema prisional

Resultado de imagem para APÓS REBELIÃO Governo do Pará convoca 642 agentes penitenciários para reforçar sistema prisional
O governo do Pará anunciou nesta quarta-feira a convocação de 642 agentes penitenciários que estavam na lista de excedentes do último concurso realizado pelo estado.

De acordo com o governador Helder Barbalho, os novos agentes vão fortalecer o sistema prisional estadual. Segundo Barbalho, eles vão atuar com mais 485 que serão empossados no próximo sábado (3), totalizando 1.127 agentes que estarão trabalhando nos presídios do Pará. Os novos homens vão substituir agentes que trabalhavam em regime de contrato temporário.

Na última segunda-feira (29), uma rebelião no Centro de Recuperação Regional de Altamira, deixou 57 presos mortos. Após o conflito, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, atendeu ao pedido do governador e autorizou o envio da Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária para o Pará.  A tropa deve chegar ao estado nesta tarde.

Além disso, dez líderes criminosos que estavam presos em Altamira serão transferidos para presídios federais. Mais 46 detentos vão para outros presídios estaduais.

O número de mortos chegou a 62 detentos. Além dos 57 que estavam na contagem inicial, mais um corpo foi identificado pelo Instituto Médico Legal (IML) e outros quatro morreram durante a operação de transferência para Marabá.

Ao chegarem ao destino, os agentes encontraram os detentos mortos por sufocamento dentro dos caminhões-cela que faziam o transporte. O fato está em investigação, segundo o governo do estado.

Alexandre Kalil critica Bolsonaro e diz que falta foco no governo para resolver problemas graves

Imagem relacionada
O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), criticou na manhã desta quarta-feira o presidente Jair Bolsonaro (PSL). Em entrevista coletiva na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Kalil disse que Bolsonaro não tem sido um bom presidente e que considera que tem faltado foco para discutir e resolver problemas graves. A afirmação foi feita quando o prefeito foi questionado por jornalistas sobre o que quis dizer quando classificou como “bobajada” a polêmica envolvendo as declarações de Bolsonaro sobre a morte do pai do presidente da OAB, Felipe Santa Cruz. 

“É claro que ele foi morto pela ditadura militar. É óbvio que é um acinte uma família falar de um camarada assassinado. Agora o problema é o seguinte: isso já passou. As vedetes da revolução de 64 já morreram por idade. Os que não foram torturados e assassinados, já morreram por idade. O que eu quis dizer é que há uma criação de factoides para que problemas reais que atingem o povo brasileiro não sejam tratados com a devida seriedade, isso que eu quis dizer. Qual é o plano para o SUS? Qual é o plano para a ação social no país? Qual é o plano de emprego para 13 milhões de brasileiros? Não tem.”

Quando questionado sobre os sete meses do governo, Kalil afirmou que Bolsonaro não tem sido um bom presidente “por enquanto”. “O Bolsonaro é presidente da República, teve 58 milhões de votos, ele tem que ser respeitado e se dar o respeito.”

As declarações foram dadas durante cerimônia de assinatura da Carta de Minas que será entregue na próxima segunda-feira (5) ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes e que tem como objetivo recuperar mais de R$ 130 bilhões de perdas do estado com a lei Kandir. 

Juiz baiano pede explicações a Bolsonaro sobre nomeação de filho em embaixada

Foto : Carolina Antunes/PR
O juiz baiano André Jackson de Holanda Maurício Júnior, substituto da 1ª Vara Federal, intimou o presidente Jair Bolsonaro e seu filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), para se explicarem sobre a nomeação de Eduardo ao cargo de embaixador do Brasil nos Estados Unidos. Em decisão publicada na segunda-feira (29), o magistrado deu cinco dias para que as partes se manifestem “sobre o pedido de tutela de urgência”. O juiz se manifestou em ação popular, de autoria do advogado Neomar Filho, que alegou o cometimento de crime de nepotismo por parte do presidente.

“A presente ação tem por escopo a proteção ao patrimônio público, à moralidade administrativa, e contra o abuso do poder. (…) O ato que está na iminência de ser praticado trata-se, em verdade, na tentativa promover pessoalmente seu descente, o Sr. Eduardo Bolsonaro, a fim de que lhe sejam auferidos todos os benefícios do cargo, em nítido caráter de violação aos princípios da impessoalidade e moralidade administrativa, evidenciando o caráter despótico da iminência do ato”, diz a ação.

Sem Neymar e Marta, Tite é o brasileiro na lista para melhor do mundo

Foto: Tiago Caldas / Bahia Notícias
Tite, técnico da seleção, é o único brasileiro com chance de ser eleito melhor do mundo no prêmio anual da Fifa. Ele está na lista dos dez treinadores indicados pela entidade. Na escolha de melhor jogador, não há nenhum atleta do país nas categorias masculina e feminina. 

Entre as brasileiras, Marta, vencedora seis vezes e atual dona do troféu, não foi selecionada. Já se esperava que Neymar, que teve temporada sem brilho, interrompida por lesões e com problemas fora de campo, não fosse indicado. Um dos nomes especulados a aparecer era o do goleiro Alisson, do Liverpool (ING). Mas isso não aconteceu. 

Tite é um dos quatro sul-americanos na lista de dez divulgada pela Federação. 

Os outros são os argentinos Ricardo Gareca (seleção do Peru), Marcelo Gallardo (River Plate-ARG) e Mauricio Pochettino (Tottenham Hostpur-ING). 

Eles vão disputar o prêmio de melhor da temporada com o argelino Djamel Belmadi (seleção da Argélia), o francês Didier Deschamps (seleção da França), o espanhol Pep Guardiola (Manchester City-ING), o alemão Jurgen Klopp (Liverpool-ALE), o português Fernando Santos (seleção de Portugal) e o holandês Erik ten Hag (Ajax-HOL).

O maior trunfo para Tite é o título da Copa América deste ano, mas conta também a seu favor os resultados, mesmo de amistosos. Em 38 partidas no comando da seleção, a equipe sofreu apenas duas derrotas.

O prêmio de melhor técnico é entregue desde 2016 e um brasileiro jamais foi vencedor. O atual dono do troféu é Didier Deschamps, eleito por causa do título mundial obtido pela França no ano passado.

Cristiano Ronaldo e Lionel Messi, único sul-americano indicado, podem voltar a vencer na categoria de melhor jogador, algo que aconteceu entre 2008 e 2017. A sequência foi interrompida por Luka Modric no ano passado. Os astros de Juventus (ITA) e Barcelona (ESP) são dois dos dez nomes divulgados pela Fifa. 

Modric não entrou sequer na relação dos dez melhores para 2019

Ronaldo e Messi vão concorrer com os holandeses Frank de Jong (indicado pelo Ajax-HOL, mas agora no Barcelona), Matthis de Ligt (indicado pelo Ajax-HOL, mas agora na Juventus) e Virgil van Dijk (Liverpool-HOL), o inglês Harry Kane (Tottenham Hotspur-ING), o belga Eden Hazard (indicado pelo Chelsea-ING, mas agora no Real Madrid-ESP), o senegalês Sadio Mané (Liverpool-ING), o francês Kylian Mbappé (PSG-FRA) e o egípcio Mohamed Salah (Liverpool-ING). 

O anúncio do vencedor e a entrega do prêmio acontecerão em cerimônia a ser realizada em Milão, na Itália, em 13 de setembro.

Entre as mulheres, uma das favoritas será a americana Megan Rapinoe, líder da seleção dos Estados Unidos campeã mundial neste ano na França e eleita a melhor do torneio. 

Ela é uma das quatro jogadoras da equipe vencedora da Copa do Mundo que estão na lista da Fifa. Está ao lado de Alex Morgan, Julie Ertz e Rose Lavelle.

As demais indicadas são as inglesas Lucy Bronze e Ellen White, as norueguesas Caroline Graham Hansen e Ada Heggerberg, as francesas Amandine Henry e Wendie Renard, a australiana Sam Kerr e a holandesa Viviane Miedema. 

Nenhum sul-americano foi indicado na categoria para melhor técnico (ou técnica) do futebol feminino. Seis homens e quatro mulheres entraram na lista: Milena Bertolini (seleção da Itália), Jill Ellis (seleção dos Estados Unidos), Peter Gerhardsson (seleção da Suécia), Futoshi Ikeda (seleção sub-20 do Japão), Antonia Is (seleção sub-17 da Espanha), Joe Montemurro (australiano que comanda o Arsenal-ING), Phi Neville (seleção inglesa), Reynald Pedros (seleção da França), Paul Riley (inglês treinador do North Carolina Courage) e Sarina Wiegman (seleção da Holanda).

Para cada categoria, a Fifa vai divulgar os três finalistas em uma data ainda a ser definida.

Bolsonaro defende trabalho forçado para presos

Foto: José Cruz/Agência Brasil
O presidente Jair Bolsonaro defendeu hoje (31), o trabalho forçado para preso no Brasil. A Constituição proíbe tal penalidade, mas disse que é seu “sonho” a existência de presídios agrícolas no país.

“Eu sonho com um presídio agrícola. É cláusula pétrea, mas eu gostaria que tivesse trabalho forçado no Brasil para esse tipo de gente, mas não pode forçar a barra. Ninguém quer maltratar presos nem quer que sejam mortos, mas é o habitat deles, né?”, disse o presidente.

Ele também afirmou que os quatro presos que estariam envolvidos no massacre de Altamira (PA) e que foram mortos na noite desta terça-feira por sufocamento dentro do caminhão-cela que os transferia para unidades de Belém (PA) morreram porque “com toda certeza, deviam estar feridos”. “Problemas acontecem”, concluiu.

Trump ataca democratas e tiro sai pela culatra: 51% dizem ser ele racista

Donald Trump discursa em comício na Carolina do Norte - 17/07/2019 (Jonathan Drake/Reuters)
Após duas semanas de ataques contínuos de cunho racista e xenófobo contra deputados democratas, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi considerado racista por 51% do eleitorado entrevistado em uma pesquisa realizada pela Universidade de Quinnipiac, no estado de Connecticut.

O porcentual é bem maior do que o recebido pelo ex-o ex-governador segregacionista do Alabama e candidato à Casa Branca George Wallace, um opositor ferrenho aos movimentos de Direitos Civis nos anos 1960. 

Trump classifica-se como a “pessoa menos racista no mundo”. Mas a percepção de racismo nas declarações e na conduta do presidente é majoritária na população afrodescendente. Segundo a pesquisa, 80% dos que se declararam negros o consideram racista, assim como 46% dos americanos brancos. Em contrapartida, 50% do eleitorado branco não o vê dessa forma.

Para a pesquisa, em nível nacional, 1.306 pessoas foram entrevistadas entre os dias 25 e 26 de julho. A margem de erro é de 3,4 pontos percentuais para mais ou para menos. Em setembro 1968, a consulta pública feita pelo instituto Louis Harris & Associates constatou que 41% dos americanos consideravam Wallace racista.
O então governador do Alabama, Gerge C. Wallace: promessa de “segregação agora, segregação amanhã, segregação para sempre” – 14/01/1963
O então governador do Alabama, Gerge C. Wallace: promessa de “segregação agora, segregação amanhã, segregação para sempre” – 14/01/1963 (Bettmann/Getty Images)

Ao ser perguntado se os ataques que fez contra seus adversários ideológicos são uma estratégia de campanha, Trump negou. “Não há estratégia. Não tenho estratégia”, afirmou. Seu índice de aprovação, contudo, não se moveu um ponto percentual entre os meses de junho e julho deste ano, ficando estagnados em 43%.

Trump passou os últimos 15 dias em um vespeiro provocado por ele mesmo. No último dia 15 de julho, atacou o grupo de deputadas democratas popularmente conhecido como “O Esquadrão” ao dizer, no Twitter, que elas deveriam voltar para “os lugares totalmente quebrados e infestados com crime de onde vieram” e que elas eram “racistas”. O presidente também disse que as parlamentares não amavam o país em que viviam.

Das quatro deputadas atacadas, apenas a democrata Ilhan Omar não nasceu nasceu nos Estados Unidos e é de família somali, porém, possui nacionalidade americana. Em um comício no estado da Carolina do Norte, Donald Trump voltou ao assunto e sua platéia começou a entoar cantos com frases como “Mande-a de volta!”, em referência a Omar.
“O Esquadrão” é um grupo de deputadas que se opõe às políticas imigratórias de Donald Trump. Ele é composto, além de Ilhan Omar, das congressistas Alexandria Ocasio-Cortez, de família porto-riquenha, Rashida Tlaib, de família palestina e a afro-americana Ayanna Pressley. 

Após os ataques, Trump recebeu críticas de políticos de dentro do partido Republicano e uma resolução bipartidária no Congresso classificou os comentários do presidente como racistas. Mesmo assim, ele negou-se a pedir desculpas pelo que disse.

Na semana passada, Donald Trump voltou ao Twitter para atacar mais um congressista negro, o democrata Elijah Cummings, que representa o estado de Maryland. Disse o presidente que um distrito de Baltimore, onde Cummings nasceu, é “detestável e infestado de ratos nojentos”. Não contente, Trump sugeriu que o deputado voltasse para arrumar a bagunça de sua cidade.

Em meio a esses ataques claramente racistas, um vídeo viralizou no Twitter. O jornalista da emissora de televisão CNN Victor Blackwell argumenta na filmagem que toda vez que o presidente americano faz um comentário contra congressistas negros ou que representam minorias, usa a palavra “infestado”.

“Ele [Donald Trump] sempre insulta centenas de pessoas no Twitter, mas quando fala a palavra ‘infestação’, referre-se a pessoas negras e pardas”, afirmou Blackwell, que também é negro. No fim do vídeo, o jornalista, visivelmente alterado, respira fundo e chama os comerciais.

125 mil pessoas estão falando sobre isso
Um pedido de impeachment chegou a ser protocolado no Congresso contra Donald Trump por suas falas racistas e xenófobas. Mas a democrata e presidente da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, avessa à ideia, o engavetou.

Veja

Homem é preso por roubar ambulância do Samu na frente de hospital

Foto: Divulgação/ Secom Alagoinhas
Um homem foi preso por roubar uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que estava estacionada na frente do Hospital Regional Dantas Bião, em Alagoinhas, a 100 km de Salvador.

Conforme informações da assessoria da prefeitura do município, o caso aconteceu por volta das 2h20 da madrugada desta quarta-feira (31).

Segundo a administração municipal, o homem aproveitou o momento em que os técnicos do Samu levavam um paciente para dentro da unidade e roubou o veículo.

A Polícia Civil informou que o suspeito, que não teve a identidade revelada, foi encontrado na BR-101, sentido Feira de Santana, dirigindo o veículo. Ele foi abordado e encaminhado para a Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) da cidade.

Dia Mundial do Orgasmo: confira mitos e verdades

Foto: Reprodução
O orgasmo, que corresponde ao maior momento de um prazer sexual, tem data para ser comemorado. Criado na Inglaterra por uma rede de sex shops, o Dia Mundial do Orgasmo é celebrado dia 31 de julho. Segundo a terapeuta sexual Sylvia Marzano, o sucesso do orgasmo é o autoconhecimento. Primeiro é preciso conhecer o corpo e como ele reage aos estímulos.

Para quem tanto busca e nada encontra, o segredo é relaxar. Ansiedade também é inimiga do orgasmo. “Hoje há muita informação, mas pouca formação. Depois de ler e reler manuais, guias, livros e até fazer cursos e treinamentos, se as pessoas não encontraram o prazer que procuram, pode até ser que quebraram alguns tabus, mas alimentaram muitos mitos também”, disse Marzano.

Confira abaixo uma lista de mitos e verdades sobre o orgasmo, segundo Sylvia Marzano:

O orgasmo é sempre muito intenso – Mito. Muitas pessoas acham que ter orgasmo é ver estrelas, entrar numa outra dimensão cósmica, uma expressão violenta de sensações e desfalecimento. As sensações do orgasmo são variáveis de pessoa para pessoa e sofrem influência de fatores intrínsecos (emoções, sentimentos, orgasmos anteriores registrados na memória) e extrínsecos (ambiente, tempo e parceria sexual).

Todo ser humano é equipado biologicamente para ter um orgasmo – Verdade. O nosso corpo está apto para o sexo e consequentemente para o orgasmo. Na dificuldade ou ausência do orgasmo, é necessário a busca de tratamento por um terapeuta sexual para investigar as possíveis causas, físicas ou psicológicas.

O orgasmo masculino é a ejaculação – Mito. O orgasmo e a ejaculação são respostas fisiológicas diferentes no homem. O orgasmo é uma resposta sensorial, enquanto que a ejaculação é a eliminação do esperma. No homem, geralmente eles acontecem simultaneamente.

Preliminares mais longas, orgasmos mais intensos – Mito. As preliminares são importantes para que a mulher chegue ao orgasmo, porém a intensidade do orgasmo depende exclusivamente da excitação, da entrega total ao momento erótico e de suas emoções.

Na transa com outra pessoa do mesmo sexo, a mulher tem orgasmos infinitos – Mito. Quando uma a mulher transa com uma outra não significa que elas terão orgasmos infinitos até que se cansem fisicamente. A mulher, assim como o homem, também tem um período chamado de resolução, ou seja, o período em que o corpo recomeça todo o processo de excitação, realização e novamente o clímax. A diferença entre o homem e a mulher é que ela continua, depois de um orgasmo, em um nível de excitação, e ele não.

Muitas mulheres precisam de estimulação clitoriana para ter um orgasmo – Verdade. Isso é perfeitamente normal e não se trata de um distúrbio. O orgasmo não depende da penetração para acontece.

Mulheres demoram mais para chegar lá – De forma geral sim, porque na sua resposta sexual, elas têm mudanças anatômicas na sua genitália para que possa ser penetrada sem dor. Muitas vezes, em um encontro casual, a mulher pode ter um orgasmo dentro de poucos minutos, pelo fator fantasia do momento.

Existe Orgasmo anal, vaginal e clitoriano? – Existem zonas erógenas, tanto na região genital como em todo corpo que proporcionam excitação, variadas de pessoa para pessoa. Para os homens, as carícias na região perineal e anal podem estimular a próstata e favorecer a ereção. Para as mulheres, o canal vaginal possui uma plataforma orgástica, região mais sensível ao toque logo nos primeiros centímetros, que participa efetivamente na elevação da excitação. O ânus não é preparado anatomicamente para produzir um orgasmo. Mas orgasmo é um só e ele não é separado em vaginal, clitoriano, peniano. Ele é uma sensação do corpo inteiro. O que muda são os pontos estimulados para a excitação.

Dra. Sylvia Faria Marzano – www.isexp.com.br (Terra)

TIM registra lucro de R$ 423 milhões no segundo trimestre


O lucro líquido da TIM chegou a R$ 423 milhões no segundo trimestre de 2019, o que representa um crescimento de 26% em comparação com o ano anterior, aponta um documento enviado ao mercado nessa terça-feira (30). A informação é da Exame, adiantando que houve um crescimento de 26% sobre o resultado positivo de um ano antes da empresa que é controlado pela Telecom Italia .

Analistas, em média, esperavam lucro de R$ 353,7 milhões, segundo estimativas compiladas pela Refinitiv. Não ficou imediatamente claro se os números são comparáveis.

A TIM informou que contabilizou crédito fiscal de R$ 2,9 bilhões “advindo da decisão judicial favorável à exclusão do ICMS da base de cálculo do PIS/Cofins”.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado foi de 1,616 bilhão de reais, alta de 6,2% sobre um ano antes. A expectativa média dos analistas era de 1,805 bilhão de reais para esta linha.

Pouco antes de divulgar os números do resultado, a TIM informou que o conselho de administração da companhia aprovou pagamento de cerca de R$ 369 milhões em juros sobre capital próprio. A empresa também estimou pagar este ano R$ 1 bilhão em JCP, baseando a projeção em seu plano estratégico que vai até 2021.

Servidores estaduais anunciam mobilização por reajuste salarial para este 1º de agosto


Camilo Santana (PT) é o governador.

O 1º de agosto será o Dia de Luta em Defesa da Reposição Salarial no Ceará.

Várias categorias de servidores públicos do Ceará prometem mobilizações que terão início, a partir das 8 horas, em frente ao Palácio da Abolição. Quem puxa o ato é o Fórum Unificado das Associações e Sindicatos dos Servidores Públicos Estaduais (Fuaspec).

A mobilização faz parte da agenda de lutas definida na última reunião do Fórum Unificado, realizada no dia 18 de julho, na sede da Fundação Sintaf.

Mesmo com superávit de mais de R$ 4 bilhões nas contas do Estado, só no governo de Camilo Santana o acumulado de perdas salariais já soma 20,64%. Dessa forma, o dia de luta tem como objetivo ampliar a mobilização dos servidores públicos e denunciar a política de achatamento salarial do atual governo. Cada entidade deverá mobilizar a sua categoria com intuito de levar o maior número de servidores possível para o ato deste 1º de agosto.

Blog do Eliomar

Eduardo Bolsonaro vai aguardar na fila de sabatina do Senado


Quem informa é o jornalista Lauro Jardim, colunista do O Globo.

Ainda que o governo Bolsonaro se apresse e envie ao Senado a indicação de Eduardo Bolsonaro à embaixada de Washington (EUA) já na semana que vem – a primeira de trabalhos após o recesso, o 03 precisará esperar um pouco.

Na Comissão de Relações Exteriores da Casa, há, na pauta, três sabatinas de embaixadores marcadas, todas para o próximo dia 8.

Foto: Facebook
Blog do Eliomar

Mais de 68% dos brasileiros querem a extinção de carro oficial, diz pesquisa


Levantamento exclusivo do Paraná Pesquisa para o site Diário do Poder mostra que a maioria dos eleitores brasileiros é favorável à extinção dos carros oficiais para autoridades públicas de todas as esferas do poder público.

Pela pesquisa, 68,2% de entrevistados concordam com a medida. Apenas 25,6% seriam contra.

Só 27% não querem privatizar empresas públicas, diz pesquisa

A maior faixa de apoio à ideia de extinguir com o benefício dos carros oficiais está entre entrevistados com ensino superior completo: 73,9%.

O Paraná Pesquisa entrevistou 1.565 habitantes do DF entre 21 e 25 de julho. A margem de erro é de cerca de 2,5% para resultados gerais.

Blog do Eliomar

Senado se aproxima de governadores e aprova projetos relativos ao pacto federativo

No primeiro semestre de 2019, o Senado iniciou uma agenda de aprimoramento do pacto federativo brasileiro. Entre reuniões com governadores e deliberações de algumas matérias, os senadores tentaram construir as bases para atacar o tema com mais foco no segundo semestre, após a conclusão da reforma da Previdência.

O pacto federativo é o arranjo entre União, estados, Distrito Federal e municípios para organizar as obrigações e prerrogativas tributárias entre eles, tendo em vista a distribuição justa e eficiente dos recursos nacionais. O assunto tem relevância especial no Senado porque a Casa é considerada a mesa de negociação entre as unidades da federação, já que todos os estados têm a mesma representação.

Apesar do alto nível de interesse interno, o pacto federativo ficou em segundo plano nos primeiros meses do ano, diante da urgência dada à reforma previdenciária. Segundo alguns parlamentares, atritos políticos remanescentes das eleições também contribuíram para isso.

Projetos
Em abril, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, compareceu à 22ª Marcha dos Prefeitos, evento que reúne em Brasília (DF) os chefes dos Executivos municipais. Ele discursou a favor da descentralização dos recursos e do poder decisório:

Em minha opinião, devemos sempre priorizar iniciativas que desburocratizem e tornem mais eficientes o repasse de verbas da União.

Na ocasião, Davi destacou duas propostas de emendas à Constituição (PECs) que estavam nas mãos do Senado e poderiam, segundo ele, ajudar nesse objetivo. Uma delas foi a PEC 61/2015, que permite a transferência direta de recursos federais para estados e municípios, através de emendas parlamentares individuais ao Orçamento. Ela foi aprovada pelo Plenário no mesmo dia da Marcha, e remetida para a Câmara dos Deputados, que ainda precisa analisá-la.

A segunda medida pinçada pelo presidente do Senado foi a PEC 34/2019, que torna obrigatória a execução de parte das emendas orçamentárias aprovadas pelas bancadas parlamentares estaduais e que havia sido aprovada na semana anterior. Promulgada no fim de junho, a regra se tornou a centésima emenda à Constituição Federal.

O relator da PEC no Senado foi Esperidião Amin (PP-SC). O parlamentar destaca que, na sua origem, a proposta trazia uma ideia ainda mais radical, que, segundo ele, deve ser retomada pelo Congresso no futuro: o orçamento impositivo, ou seja, a obrigação de que o Executivo cumpra a lei orçamentária da forma como ela for aprovada pelo Legislativo.

Com isso, o Legislativo ganharia responsabilidade, não só autoridade. Deve tomar muito cuidado com a formulação do Orçamento e acompanhar atentamente a sua execução. Isso faz parte do amadurecimento do nosso sistema democrático, afirmou.

Para Esperidião Amin, essa Emenda Constitucional é justa porque fortalece a destinação eficiente do dinheiro à sua finalidade nos estados e municípios. O ministro da Economia, Paulo Guedes, compartilha dessa visão. Ao participar de audiência na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) no final de março, quando a PEC foi enviada ao Senado, Guedes disse que “tomou um susto” com a aprovação que não estava no radar, mas que via nela um empoderamento dos representantes políticos da população.

Eu não gosto do carimbo, mas, já que é para ser carimbado, que seja por alguém que foi votado lá embaixo, não pelo governo central. Ninguém mais legítimo para gastar o dinheiro do que um deputado eleito, muito mais do que qualquer ministro, validou Guedes.

Outra decisão tomada pelo Senado neste semestre que diz respeito ao pacto federativo foi a aprovação do projeto que reabre o prazo para que estados possam aderir ao plano que prevê o refinanciamento das dívidas com a União (PLS 163/2018). Serão seis meses adicionais para que os estados entrem na renegociação, que havia sido encerrada no fim de 2017.

O projeto era do senador José Serra (PSDB-SP). Na sua versão original, apenas excluía o pagamento de precatórios (débitos públicos transitados em julgado) do teto de crescimento das despesas correntes anuais dos estados. No entanto, a versão aprovada foi um substitutivo do relator, Otto Alencar (PSD-BA), que trocou a ressalva dos precatórios pelo novo prazo. Foi incluída também uma “válvula de escape” para o teto: caso o crescimento das despesas ultrapasse o limite previsto, os estados terão um tempo para eliminar o excedente (final do terceiro exercício financeiro após a celebração de aditivo).

Novos rumos
Outras medidas do Senado, consideradas mais importantes para enfrentar os desequilíbrios federativos, contudo, ficaram para os próximos meses.

Para o senador Esperidião Amin, as disputas ideológicas que marcaram o período eleitoral transbordaram para o início dos trabalhos do parlamento, preenchendo a pauta de debates e votações com outros assuntos. Mesmo assim, acredita ele, o Senado está em boa posição.

O primeiro semestre foi muito marcado em temas de costumes, não foi um semestre altamente propositivo, mas o Senado trabalhou. Debateu de forma fragmentada a questão do pacto, não sistematicamente, mas vai dar um passo firme no segundo semestre.

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) também critica o direcionamento das prioridades, especialmente no que se deveu a iniciativas do governo – como o decreto do porte de armas ou ações dos ministérios.

Nunca votamos tanto e discutimos tanto, mas a pauta do Executivo atrapalhou.

Randolfe é autor de um projeto que sinaliza para o futuro do pacto federativo dentro do Senado. A PEC 65/2019 torna permanente o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), cuja vigência se encerra no ano que vem.

A manutenção do Fundeb interessa sobremaneira a estados e municípios, porque é deles a responsabilidade sobre a rede pública do ensino fundamental e do ensino médio. Sem o dinheiro do Fundeb, que tem contribuições da União, a arrecadação desses entes, por si só, não consegue sustentar a estrutura.

É o Congresso se preocupando com o que o governo não está se preocupando. O Fundeb é a principal fonte de financiamento da educação pública brasileira hoje, e o governo não está nem aí que ele vai acabar no ano que vem, alerta Randolfe.

Também contribuiu para tirar espaço do pacto federativo a discussão da reforma da Previdência, que também envolvia articulação com os estados. O Senado alinhou a sua atuação com os governadores a partir de um encontro, realizado no início de maio, que reuniu os mandatários ou vices de 25 estados. A consolidação do apoio dos governadores à reforma se manifestou, mesmo que de forma discreta, durante a votação da matéria pela Câmara dos Deputados na última semana de atividades. A negociação por esse posicionamento envolveu uma lista de demandas entregue ao ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que também esteve presente:

Agência Senado

Cearense foragido da Justiça de SP é preso em Fortaleza

Foto: Divulgação/SSPDS/CE
Ele é suspeito de um homicídio ocorrido em 1992, em São Paulo
Um homem identificado como Francisco Jocélio Sampaio, de 50 anos, foi preso nesta terça-feira (30), no bairro Ancuri, em Fortaleza. 

O cearense era foragido da Justiça de São Paulo, por um homicídio ocorrido em 1992. Contra Jocélio havia um mandado de prisão preventiva decorrente de decisão condenatória. Jocélio, que não possui antecedentes criminais no Ceará, foi condenado a 26 anos de prisão no estado paulista.

De acordo com a Polícia, o crime possuía indícios de “pistolagem”, ou seja, encomendado. Jocélio é natural de Morada Nova. Ele foi conduzido para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde foi ouvido. Agora, o homem se encontra à disposição da Justiça e responderá por homicídio mediante paga e emboscada.

CNews

Advogado é encontrado morto dentro de carro em Missão Velha

Resultado de imagem para Advogado é encontrado morto dentro de carro em Missão Velha
O corpo do homem estava no banco de trás do veículo
Um advogado identificado como Décio Almeida Peixoto, foi encontrado morto dentro de um carro na tarde desta quarta-feira (31), na cidade de Missão Velha, interior do Ceará.

O corpo foi encontrado após uma denúncia anônima com várias marcas de perfurações à bala. O advogado morava na cidade de Barbalha e atuava na área do Direito Penal.

A Polícia encontrou o corpo do advogado no banco de trás do veículo que também estava com marcas de batida na parte da frente. As investigações continuam para tentar elucidar este crime e capturar os envolvidos na ação criminosa.
Resultado de imagem para Advogado é encontrado morto dentro de carro em Missão Velha
Com CNews

Transexuais e travestis podem usar o nome social no Ceará

Resultado de imagem para Transexuais e travestis podem usar o nome social
O governador Camilo Santana sancionou lei que foi publicada no Diário Oficial desta terça-feira (30)
O governador Camilo Santana sancionou lei que assegura às pessoas transexuais e travestis o direito à identificação pelo nome social nos atos e procedimentos realizados na administração pública direta e indireta e nos serviços privados de ensino, saúde, previdência social e de relação de consumo. A lei 19.649 foi publicada no Diário Oficial desta terça-feira (30) e ratifica o que era assegurado por decreto desde 2018.

Com a lei, pessoas transexuais e travestis têm garantido o direito à anotação do nome social de travestis e transexuais, por escrito, em campo destacado, junto ao nome civil, em registros e no preenchimento de cadastros, prontuários e formulários, no envio e recebimento de correspondências, em registros e sistemas de informação, bem como na forma de tratamento interpessoal.

Com a lei, o uso do nome social estará assegurado nos procedimentos judiciais e administrativos, inclusive nos registros e procedimentos policiais, além do uso nas escolas e nas redes de saúde públicas e privadas.

Nos documentos oficiais, o nome social acompanhará o nome civil, desde que haja requerimento expresso da pessoa interessada. No caso de preenchimento de formulários e outros documentos de pessoa analfabeta, o responsável pelo atendimento certificará o fato, na presença de duas testemunhas, mediante declaração escrita.

Pessoas menores de 18 anos também poderão manifestar o desejo, por escrito, de utilização do seu nome social, mas mediante autorização por escrito dos pais ou responsáveis ou por decisão judicial. Ressalta porém, que nos casos em que o interesse público exigir, inclusive para salvaguardar direitos de terceiros, deverá ser considerado o nome civil das pessoas travestis e transexuais.
CNews

Suposto entregador é flagrado praticando roubo

A ação ocorreu no bairro Padre Andrade, em Fortaleza
Um homem em uma moto foi flagrado por câmeras de segurança praticando um assalto enquanto carregava uma mochila de uma empresa de entrega de comida. A ação foi filmada na manhã desta quarta-feira (31), no bairro Padre Andrade, em Fortaleza. 

Conforme apurações policiais, uma mulher foi abordada por um homem, que tomou a bolsa dela e fugiu em seguida. A ocorrência foi registrada na Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), na manhã de hoje. 

Conforme a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), até o momento, a vítima não compareceu a uma unidade policial para relatar o fato. Após levantamento de informações, a Polícia Militar localizou o proprietário do veículo e o conduziu à sede do 10º Distrito Policial, no Antônio Bezerra, para prestar depoimento. 

Ele afirmou que havia deixado a moto e o fardamento na casa de uma outra pessoa. O homem foi ouvido e liberado. A Polícia Civil investiga as informações prestadas em depoimento e pede para a vítima a comparecer ao 10º DP.

A SSPDS orienta ainda que a população colabore com as investigações repassando informações que possam chegar à localização do suspeito.

CNews

Cearense com 16 mandados de prisão por homicídios e tráfico de drogas é preso em Goiás

Segundo a Polícia, o homem é um dos mais procurados do Nordeste.
O cearense Élisson Vidal Pinheiro, de 22 anos, com 16 mandados de prisão por homicídios e tráfico de drogas, foi preso, na madrugada desta quarta-feira (31), durante operação policial na cidade de Trindade, em Goiás. Segundo a Polícia, o homem é um dos mais procurados do Nordeste.


De acordo com o delegado Vicente Stabile, da 16ª Delegacia Regional de Trindade, o suspeito foi preso em uma residência localizada no bairro Renata Park, na cidade goiana. "Apesar de ele ter um histórico de enfrentamento, montamos um cerco que não deu a oportunidade do mesmo fugir", acrescentou.

Policiais civis de Trindade e do Ceará participaram da operação. Élisson aguarda transferência para uma unidade policial no Ceará.


Com informações do Diário do Nordeste

Internautas pedem um dia sem falar em Bolsonaro 'em nome da saúde mental'

Resultado de imagem para #QUARTAFEIRASEMBOLSONAROAs redes sociais na manhã desta quarta-feira confirmam que não é inócua a preocupação de auxiliares do presidente da República Jair Bolsonaro que estão apreensivos com os efeitos práticos das últimas polêmicas causadas por falas do mandatário. A hashtag #QuartaFeiraSemBolsonaro foi sugerida pelo perfil do escritor Chico Barney no Twitter e é o assunto mais comentado desta manhã. 

De acordo com Barney, a ideia é "passar um dia da semana sem tuitar nada a respeito do governo". "Questão de saúde pública", comenta. A ideia foi endossada e está há cinco horas entre os assuntos mais debatidos do Twitter. Os internautas contrários ao governo estão utilizando a hashtag em posts sobre outros assuntos, enquanto os militantes virtuais favoráveis à gestão também ajudam a impulsionar a hashtag, mas dizendo que não irão parar de falar sobre o presidente.

Homem é morto a tiros em posto de gasolina, no Ceará

Um homem de 34 anos, identificado como Ranielhe Bezerra Leite, foi morto com pelo menos sete tiros de arma de fogo após uma discussão dentro de um posto de combustíveis na BR-020, em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza, no início da tarde desta terça-feira (30).

De acordo com a polícia, a vítima estava próxima a um caminhão quando um homem chegou e eles discutiram. Após a confusão, Ranielhe tentou fugir correndo do local, mas foi alvejado por vários disparos de arma de fogo. A perícia contabilizou pelo menos sete marcas de tiros no corpo da vítima.

Ainda segundo a polícia, Ranielhe Bezerra tinha antecedentes criminais por pelo menos 11 assaltos, dois crimes de homicídio e formação de quadrilha. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga se o crime possui relação com o passado da vítima.

'A maconha não será remédio de acesso livre e só será comprada com receita', diz chefe da Anvisa

Agência Brasil
Discutidos há cinco anos dentro da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o plantio e a importação da maconha para uso medicinal e científico deve ser aprovado no fim de outubro, segundo o presidente do órgão, o médico William Dib. Ele estima que até 13 milhões de brasileiros, com diferentes doenças, podem se beneficiar da maconha medicinal e prevê ainda ganhos econômicos. Mas, em conversa com o Estado, evitou rebater críticas, como a do ministro da Cidadania, Osmar Terra, que sugeriu que a Anvisa deveria "fechar", caso a proposta de regulamentação fosse aprovada. Dib afirma ter recebido apoio do próprio governo, que na avaliação dele tem buscado se informar sobre os benefícios da regulamentação.

A consulta pública (sobre a maconha medicinal) foi aberta há 45 dias, com voto favorável do senhor. O que já deu para extrair das participações até agora?

A esmagadora maioria das contribuições é a favor. Até porque a sociedade, como um todo, estava exigindo essa posição da agência  não só as famílias das pessoas que têm esperança que esse seja um tratamento possível para as patologias. O número de patologias para as quais a cannabis está sendo indicada vem aumentando aceleradamente na academia, na discussão intelectual, e os países estão se moldando a isso. Não seria justo a Anvisa não se abrir a essa decisão.

Quem ganha com a regulamentação do cultivo e da importação, além dos pacientes?

O serviço do SUS (Sistema Único de Saúde) não é pago por alguém, é pago pela sociedade como um todo. Isso beneficia a todos, e não só o usuário do medicamento, porque vai sobrar dinheiro, se conseguir reduzir esse preço. Tendo o produto, a oferta aqui, vai fazer com que não só o Judiciário economize em ações. O Ministério da Saúde vai comprar a preço competitivo. Todos poderão se beneficiar disso.

Vai ter propaganda? O remédio poderá ficar exposto nas farmácias? 

Não. Porque vai seguir a portaria 344 (da própria Anvisa), que regulamenta produtos controlados. Não haverá propaganda de cannabis. Não será um remédio de acesso livre. Só poderá ser comprado com receita. Não há possibilidade de automedicação.

Além de alguns ministros do governo, como o Osmar Terra, não tem havido críticas diretas do presidente (da República, Jair Bolsonaro) à proposta... 

A maioria está a favor, porque está lendo. Quando a classe médica diz que prescreve produto porque não tem alternativa, e mãe, pai, irmão vêm aqui "judicializar", o eu que tenho para responder a eles? A grande maioria está a favor porque é bom para a sociedade.

E quando o plantio e a importação estarão liberados? 

A vontade da diretoria colegiada é que terminando a consulta pública, em 30 dias, a gente consegue absorver as recomendações boas, corrigir o que estiver errado e o que estiver possível. No primeiro dia após a publicação, as empresas já podem se habilitar (nesta terça-feira, 30, o Estado mostrou que 20 empresas estão interessadas no mercado de plantio de maconha para fins medicinais no País). Importar o produto pronto ou fazer o plantio. O mercado é quem vai dizer o tempo que vai levar para o plantio.

E a questão econômica… 

O governo não só vai economizar, mas vai recuperar um pedaço da economia. Os índices externos dos países que estão abrindo a comercialização são enormes. O governador de Nova York (Andrew Cuomo) liberou por questões econômicas (o Estado descriminalizou o uso recreativo de maconha esta semana). O Brasil ganhará em economia, em geração de emprego, em desenvolvimento econômico e tecnológico, vai produzir coisas melhores. Não é a economia de quanto custa o remédio. Isso é uma economia barata. E pode ser até que acabemos exportando. Pode ser que o produto produzido no Brasil passe a ter credibilidade.

Banco Central confisca R$ 1,9 milhão do ex-ministro Edison Lobão

Marcelo Camargo /Agência Brasil
O Banco Central comunicou o bloqueio de R$ 1,9 milhão nas contas do ex-ministro Edison Lobão, na Operação Lava Jato. O confisco cumpre decisão da juíza federal Gabriela Hardt, da 13ª Vara Federal do Paraná, na ação penal em o emedebista é acusado de receber R$ 2,8 milhões de propinas da Odebrecht em obras de Belo Monte entre os anos 2011 e 2014. À época, Lobão ocupava o cargo de ministro de Minas e Energia no governo Dilma Rousseff.

Segundo a Procuradoria, as empresas do Consórcio Construtor Belo Monte, entre elas a Odebrecht, "se comprometeram a efetuar pagamentos de propina na razão de 1% do valor do contrato de construção da Usina de Belo Monte para políticos do PT e MDB".

Os procuradores afirmam que R$ 2,8 milhões de propina da Odebrecht foram direcionado a Edison Lobão e a seu filho Márcio Lobão, que também é réu na ação, assim como a nora do ex-ministro, Marta Lobão.

O ex-ministro e os demais citados não haviam se manifestado até a publicação desta matéria.

R$ 600 mil – Maior doador na campanha à reeleição de Camilo, Eunício tem ato legalizado em julgamento do TRE-CE


O ex-senador Eunício Oliveira (MDB) teve ação de investigação judicial eleitoral arquivada, na noite desta terça-feira (30), por unanimidade do Pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE). O ex-presidente do Senado foi absolvido no processo de doação de campanha à reeleição do governador Camilo Santana (PT), no valor de R$ 600 mil, na condição de pessoa física.

O relator do processo, desembargador Inácio Cortez, não encontrou elementos que fundamentassem irregularidade na maior doação à campanha de Camilo. Após a explanação de Cortez, os demais integrantes do TRE-CE seguiram o voto do
relator.

Foto: Arquivo
Blog do Eliomar

Familiares de desaparecidos querem ir ao Supremo contra Bolsonaro


Familiares de outros desaparecidos políticos devem tomar as mesmas medidas que os membros da família de Fernando Santa Cruz, pai do presidente da OAB, Felipe, e provocar a Procuradoria-Geral  da República e o Supremo Tribunal Federal a se manifestarem sobre as falas de Bolsonaro.

O presidente ocupou “lives” dizendo que sabia como Fernando Santa Cruz havia desaparecido. Chegou a dizer que ele teria sido assassinado pelos próprios companheiros do grupo Ação Popular.

“Não foram os militares que mataram, não. Muito fácil culpar os militares por tudo o que acontece”, disse. “Até porque ninguém duvida, todo mundo tem certeza, que havia justiçamento. As pessoas da própria esquerda, quando desconfiavam de alguém,
simplesmente executavam”, acrescentou.

A informação é da Coluna Painel, da Folha de S.Paulo desta quarta-feira.

Foto: Agência Brasil

Lula sai em defesa do presidente da OAB e chama Bolsonaro de “covarde”


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou Jair Bolsonaro no episódio envolvendo o pai do presidente da OAB, Felipe Santa Cruz.

Em nota que dirigiu a Santa Cruz, Lula disse que o Brasil não merece ouvir “as palavras de ódio de quem, pelo cargo que ocupa, deveria se referir com respeito aos que sacrificaram a vida pela liberdade em nosso país”.

Lula disse ainda que nada vai reparar o sacrifício de seu pai nem a “ofensa brutal” (de Bolsonaro) que o vitimou mais uma vez.
“Ao atacar os mais frágeis que nem podem mais se defender, esse mau presidente revela seu caráter covarde” — disse Lula.

Foto: Reprodução de Youtube
Blog do Eliomar

Lava Jato – Polícia Federal mira Grupo Petrópolis, dono da marca Itaipava


A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quarta-feira, 31, a 62ª da Operação Lava Jato. A ordem é apurar o pagamento de propinas, por meio de doações eleitorais, realizado por empresas do Grupo Petrópolis, antiga Cervejaria Petrópolis, que fabrica a cerveja Itaipava e o energético TNT.

De acordo com investigadores, a companhia teria auxiliado a Odebrecht a pagar valores ilícitos de forma oculta e dissimulada, através da troca de reais no Brasil por dólares em contas no exterior, expediente conhecido como operações dólar-cabo.

Segundo a PF, cerca de 120 policiais agentes cumprem um mandado de prisão preventiva contra Walter Faria, controlador da empresa, cinco mandados de prisão temporária contra executivos e 33 mandados de busca e apreensão em 15 cidades diferentes de São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Os mandados foram expedidos pela 13ª Vara Federal de Curitiba. Em cooperação com o Ministério Público Federal e a Receita Federal, a operação foi chamada de Rock City.

Com Veja

Filho de Eike, Thor Batista tem R$ 778 milhões bloqueados pela Justiça

Foto: Nicson Olivier/Futura Press/Folhapress
A justiça de Minas Gerais bloqueou R$ 778 milhões de Thor Batista, filho do empresário Eike Batista. A decisão da juíza Cláudia Helena Batista, proferida em março deste ano, foi confirmada por três desembargadores nesta terça-feira (30).

O processo continua na primeira instância. Segundo Rodrigo Kaysserlian, presidente do Instituto Brasileiro de Rastreamento de Ativos, a decisão vale apenas para o dinheiro, não abrangendo bens de Thor. O bloqueio é resultado de um processo movido por Bernardo Bicalho, administrador judicial da mineradora MMX, que pertence ao empresário e está em recuperação judicial.

Fernando diz que término com Maiara não foi por falta de amor

© Reprodução / Instagram
Após quatro meses de namoro, Maiara, 31, e Fernando Zor, 35, não estão mais juntos. Segundo o sertanejo, o relacionamento chegou ao fim não por falta de amor. “Tivemos uma crise que desgastou e optamos por agora cada um ter um tempo para si. Quero muito o bem dela e sei que isso é recíproco”, disse o músico à reportagem.

Procurada, a assessoria de Maiara disse que ela não quer se pronunciar. Os dois estavam juntos publicamente desde março, e trocavam várias declarações de amor pelas redes sociais.

Folhapress

Funcionários dos Correios anunciam greve a partir da noite desta quarta

-
Foto: Divulgação/ Correios
Os funcionários dos Correios anunciaram uma greve a partir da noite desta quarta-feira (31). A Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect) teve uma reunião com a diretoria da empresa na manhã da última terça-feira (30), mas o encontro terminou sem acordos.

A Fentect enviou ao novo presidente dos Correios, Floriano Peixoto, que assumiu a companhia no dia 21 de junho, um ofício informando que a paralisação por tempo indeterminado se dará por “reivindicações não atendidas pela empresa à mesa de negociação” e por falta de “reajuste salarial e contra a retirada de direitos históricos da categoria”.

Durante o dia, representantes dos funcionários irão ao Tribunal Superior do Trabalho, que tenta mediar as conversas e impedir a greve. Serão discutidos temas caros aos funcionários, como o “baixo reajuste salarial” e a retirada dos pais como dependentes no plano de saúde dos empregados.

A empresa também quer debater a taxa de coparticipação dos funcionários nos convênios médicos, que hoje está na casa dos 30%. Os correios carregam uma conta de 6 bilhões de reais com planos de saúde e previdência dos funcionários.

Sobe para 58 número de presos mortos em presídio no Pará; corpo foi encontrado em escombros

-
Corpo de 58ª vítima de massacre é encontrado por peritos em Altamira, no Pará. — Foto: Reprodução / TV Liberal
O Instituto Médico Legal (IML) confirmou, na noite desta terça-feira (30), o aumento do número de mortos de 57 para 58 detentos, após massacre dentro do Centro de Recuperação Regional de Altamira, sudoeste do Pará. O corpo foi encontrado carbonizado no início da noite por peritos sob os escombros do presídio e ainda não foi identificado.

Quinze corpos já foram liberados pelo IML nesta terça-feira. Os corpos estão sendo armazenados em uma câmara frigorífica devido ao pouco espaço nas instalações do IML no município.

Os mortos foram identificados como Efraim Mota Ferreira, 22 anos; Luilson da Silva Sena, 35 anos; Wesley Marques Bezerra, 21 anos; Adriano Moreira de Lima, 21 anos; Ismael Souza Veiga, 37 anos; Carlos Reis Araújo 23 anos; Jelvane de Sousa Lima, 35 anos; Josivan Irineu Gomes, 25 anos, Marcos Saboia de Lima, 28 anos; Rivaldo Lobo dos Santos, 20 anos; Josivan Jesus Lima; Evair Oliveira Brito; Deiwson Mendes Correa; Natanael Silva do Nascimento; Renan da Silva Souza.

G1

Motorista de aplicativo é baleado por guardas municipais

O motorista foi encaminhado para a UPA do Eusébio e já recebeu alta
O motorista de um carro de aplicativo foi baleado após ter seu veículo alvejado por tiros por guardas municipais no município do Eusébio, na Região Metropolitana de Fortaleza, na noite desta terça-feira (30). Os profissionais trafegavam em uma caminhonete descaracterizada.

De acordo com a passageira do transporte, que estava acompanhada do filho de 7 anos, ela tinha descido do veículo quando o fato aconteceu.

A Guarda Municipal informou que sinalizou para que o motorista parasse e mesmo com a sirene ligada o condutor do veículo seguiu viagem. Os agentes atiraram nos pneus.

Conforme a mulher, eles só perceberam que se tratavam de agentes de segurança quando o motorista desceu do carro e os ocupantes da caminhonete se identificaram.

O motorista de 55 anos, natural do Piauí, foi encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Eusébio com um tiro no ombro. O homem foi atendido e recebeu alta na madrugada desta quarta-feira (31).

CNews

terça-feira, 30 de julho de 2019

Presidente Jair Bolsonaro diz que o jornalista Glenn Greenwald 'é militante'

BRAZIL-POLITICS-CORRUPTION-INTERCEPT-GREENWALD : Fotografia de notícias
O presidente Jair Bolsonaro voltou a dizer nesta terça-feira que o jornalista Glenn Greenwald, do site The Intercept Brasil, é militante e cometeu crime ao divulgar informações que teriam sido obtidas por hackers. 

"O primeiro crime é invasão. Foi por terceiros. Quando você pega uma informação dessa e se tivesse informação... Nem sei se tem e nem sei se é verdade o que tiram lá de dentro, e começa a passar para frente. Você está dando repercussão a um crime, pô, você tem que ter a obrigação de desvendar aquele crime", disse ao deixar o Palácio da Alvorada pela manhã. 

Interpelado por repórteres sobre o fato de que não cabe a um jornalista desvendar crimes, Bolsonaro afirmou que Greenwald não é jornalista, mas militante. 

"Aqui, o Greenwald é jornalista? Ah tá, o Greenwald é jornalista? Ele é jornalista? Ele é militante. Eles já acharam 100 mil reais com gente deles lá, tá", disse. 

O presidente não esclareceu como sabe sobre a suposta existência do valor citado e não respondeu aos questionamentos se está tendo acesso às investigações. "Isso é reservado, tá ok?".

Na segunda-feira, o porta-voz da Presidência, Otávio do Rêgo Barros, afirmou que as acusações de Bolsonaro a Greenwald estão sendo feitas com base no "entendimento pessoal" do presidente. Ele também não respondeu se Bolsonaro teve acesso ao inquérito sobre hackers presos na Operação Spoofing, que prendeu os acusados de terem acessado os telefones de autoridades, inclusive o do presidente e do ministro da Justiça, Sérgio Moro. Eles teriam repassado as informações obtidas de forma anônima e gratuita ao site The Intercept Brasil.

Janaina Paschoal protocola pedido de impeachment de Dias Toffoli

-
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Autora do pedido de impeachment contra Dilma Rousseff (PT), a deputada Janaina Paschoal protocolou nesta terça-feira (30), no Senado, um pedido de impeachment de Dias Toffoli.

Além de Janaina, assinam o documento também o procurador do MP de Minas Gerais Márcio Luís Chila Freyesleben, o promotor do MP de Santa Catarina Rafael Meira Luz e o promotor do Distrito Federal e Territórios Renato Barão Varalda — todos do MP Pró-Sociedade.

A justificativa do pedido de impeachment do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) é a decisão dele que suspendeu todos os processos judiciais instaurados sem supervisão da Justiça que envolvem dados compartilhados por Coaf e Receita Federal.

Cabral é condenado pela 10ª vez e acumula 216 anos de prisão

© Agência Brasil
O ex-governador Sérgio Cabral (MDB-RJ) foi condenado nesta terça-feira (30) pela 10ª vez em decorrência dos processos desencadeados pela Operação Lava Jato.A nova sentença do juiz Marcelo Bretas se refere à Operação Ratatouille, que trata do pagamento de R$ 16 milhões pelo empresário Marco Antônio de Luca, dono de empresa de fornecimento de alimentos para o Estado.

O magistrado condenou o emedebista a 18 anos de prisão. O empresário teve imposta uma pena maior: 32 anos. Com a nova sentença, Cabral já acumula 216 anos e seis meses de prisão. Ele é réu em outras 19 ações na Justiça Federal do Rio de Janeiro e uma na Estadual decorrentes do esquema de corrupção que montou no governo fluminense entre 2007 e 2014.

Ele também responde a outras duas ações penais na Justiça Estadual por crime dentro do sistema carcerário -falsificação de documento para montar um videoteca no presídio- e pelo abuso no uso de helicópteros do estado.

No processo da Ratatouille, Cabral não confessou os crimes porque o interrogatório foi feito em dezembro de 2017, antes da nova estratégia de defesa. Por esse motivo, não teve a pena atenuada em razão do novo comportamento.Desde o início deste ano o ex-governador decidiu assumir os atos de corrupção de que é acusado pelo Ministério Público Federal desde novembro de 2016, quando foi preso. Ele deve ter a pena reduzida nos processos em que confessou.

OUTRO LADO

A defesa de Sérgio Cabral disse que “vai recorrer dessa nova sentença, em especial por não concordar com a pena aplicada”. “De qualquer forma, a postura de auxiliar as autoridades será mantida”, diz o advogado Márcio Delambert. O advogado Nythalmar Ferreira Filho, que representa o empresário de Luca, disse que “a sentença apresenta pontos que deverão ser esclarecidos por via própria, adequando a pena ao caso concreto”.”Certo do equívoco a defesa irá manejar o instrumento adequado”, disse ele.

Folhapress